fbpx

As 10 soft skills mais importantes para sua carreira em 2020

As 10 soft skills mais importantes para sua carreira em 2020

A evolução de novas tecnologias e o crescimento da inteligência artificial (AI – do inglês “artificial intelligence”) é o principal fator que impulsiona as mudanças na operação das empresas. Essas mudanças alteram a demanda do mercado em relação aos profissionais e, logo, é necessário rever algumas soft skills, seja você um profissional em busca de oportunidade ou já parte de uma organização.

Mas antes de continuar, vale a breve a explicação sobre o que são soft skills.

O que são soft skills?

Soft skills é um termo em inglês usado para definir as habilidades interpessoais de um profissional. Essas duas palavrinhas são bastante usadas por pessoas da área de recursos humanos e, juntas, denominam essas competências mais subjetivas e, por isso, difíceis de avaliar. Como exemplo podemos citar o gerenciamento de tempo, uma das soft skills mais  importantes e valorizadas no ambiente de trabalho.

E como ficam essas soft skills quando a tecnologia toma conta?

Há algum tempo estávamos discutindo sobre máquinas substituindo a força de trabalho manual (maquinários na agricultura, caixa eletrônico nos bancos e diversas outras automações). Esse realmente não é um assunto novo, mas o avanço não parou. Agora vemos tecnologias que aprendem com a experiência e realizam tarefas ainda mais complexas, semelhantes às realizadas por humanos, porém com mais eficiência em relação ao volume de dados e padrões de reconhecimento. 

De qualquer forma, o cenário não é para deleite dos pessimistas. Existem espaços a serem ocupados por nós e soft skills a serem desenvolvidas e aperfeiçoadas. Precisamos da convicção de que existem coisas que as máquinas não podem fazer por nós e, o mais importante, precisamos saber que coisas são essas. Nessa resposta moram as soft skills que mais merecem a nossa atenção.

O que os robôs não podem fazer por nós?

De acordo com o relatório da Udemy’s (2020 Workplace Learning Trends Report), na lista de soft skills mais importantes para ter uma carreira de sucesso, ter uma mentalidade de crescimento está em primeiro lugar.

E, nesse sentido, buscar aperfeiçoar essa habilidade é também sobre novas atitudes. É necessário pensar em adotar ações para novas conquistas. Ao invés de aderir a um conjunto de soft skills fixas, a estratégia é driblar o que não pode ser replicado pela tecnologia e, assim, desenvolver essa habilidade.  Ou seja, a mentalidade de crescimento é sobre aprender continuamente, se adaptar e estar aberto às mudanças.

Soft skills que elevam os potenciais humanos

Sabendo que a AI já é uma realidade, o nosso desafio agora é impulsionar o ser humano, alavancando forças únicas para encontrar o que pode resultar vindo do melhor das duas potências: máquina e ser humano. 

10 soft skills importantes para a carreira esse ano

  • Mentalidade de crescimento: capacidade de aprender e se adaptar às mudanças. 
  • Criatividade: exercitar novas maneiras de realizar as atividades e solucionar problemas.
  • Inovação: aprimorar ideias e métodos já existentes em busca de melhores resultados.
  • Comunicação: interpretar e trocar informações através da fala, escrita e observação.
  • Domínio de foco: saber se concentrar e aproveitar esses momentos para a tomada de decisões.
  • Storytelling: saber criar uma narrativa coerente e que desperte o interesse das pessoas.
  • Consciência Cultural: trabalhar e interagir com pessoas de diferentes culturas, criando relacionamentos significativos.
  • Pensamento Crítico: analisar e considerar elementos, com base em critérios pertinentes, para chegar a uma posição sobre algo.
  • Liderança: saber orientar as atividades dentro de uma organização.

Talvez você não enxergue novidade nessas soft skills, mas o segredo está em, justamente, já estarmos familiarizados com elas. Assim, podemos treinar um novo olhar dentro dessa necessidade e focar nessas tendências. Todos os anos soft skills são mapeadas em pesquisas dentro das organizações e elas estão em constante mudança. Saber disso pode fazer diferença para quem quer encontrar o seu lugar profissionalmente.

Mas as empresas realmente sabem do que precisam?

Segundo a Udemy, devido à velocidade em que essas mudanças ocorrem, a maioria das empresas não está preparada para enfrentar a era da AI. As organizações já reconhecem a sua importância, mas ainda estão tecendo esse novo entendimento.

O que podemos adiantar é que a AI traz consigo uma proliferação de dados e, assim, as empresas e seus colaboradores precisarão gerenciar, armazenar, processar, analisar e extrair insights a partir desses dados. Ou seja, teremos pela frente uma cultura orientada por dados, em que é necessário aprimorar também habilidades técnicas (como algoritmos, automação, Excel, análise de dados e nuvem).

Outra observação importante é que, nessa jornada, as empresas estão começando a criar equipes de rede mais ágeis e flexíveis, focadas em projetos, em vez de funções fixas. Alguns segmentos já atuam dessa maneira, como as empresas de consultoria, mas é válido perceber esse movimento em que a habilidade precede a função. As equipes podem mudar com base no projeto e isso também faz com que as organizações procurem novas abordagens para gerenciar talentos e reconhecer as competências necessárias.

Soft Skills e o fluxo das mudanças

Com esse panorama sobre as mudanças que se seguem no mercado de trabalho é possível buscar um ponto de segurança dentro das nossas competências humanas. 

É curioso pensar que o que nos faz aperfeiçoar essas habilidades interpessoais seja justamente o avanço tecnológico. E assim tem sido, com a evolução da inteligência artificial nos resta focar em nossa inteligência emocional. É isso o que continua nos diferenciando e o que, de fato, tem valor.

E, por fim, a dica é partir para a prática. Tente mapear as suas próprias soft skills em post-its e, então, identifique o que pode ser aperfeiçoado de acordo com cada objetivo da sua carreira. 

Faça uma lista das habilidades que precisam ser incluídas e não as perca de vista durante o ano. É importante não deixar que a rotina nos impeça de ver que uma mudança maior já está acontecendo e que podemos nos antecipar em relação à elas.

Procure plataformas populares de ensino como o LinkedIn Learning, Coursera, Degreed e etc. Busque novas conexões e se reinvente para acompanhar o ritmo que a inteligência artificial está nos reivindicando.

4+

Jussara Coutinho

Jornalista com experiência em e-commerce e mídias digitais. Adora falar sobre comportamento e encontrar pessoas que discordem dela com bons argumentos.

Um comentário em “As 10 soft skills mais importantes para sua carreira em 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *