fbpx

Como as suas experiências podem te tornar uma pessoa criativa?

Como as suas experiências podem te tornar uma pessoa criativa?

Uma coisa que às vezes escuto quando falo em inovação é que uma pessoa não é criativa e que não consegue dar uma boa ideia. Muita gente pensa assim e acredita que a criatividade é um dom divino, mas o que essas pessoas não sabem é que não é bem assim. Não é preciso ser um mutante, um alienígena ou semideus para ser criativo.

Assim como outras habilidades, a criatividade pode ser desenvolvida e nesse processo se percebe que algumas pessoas tem mais facilidade para usá-la, algo que depende muito do perfil de cada um. No entanto, qualquer pessoa pode ser criativa.

Como disse Albert Einstein, a criatividade é a inteligência brincando, mas você sabe por quê? É simples, o nosso cérebro armazena todas as nossas experiências, tudo o que ouvimos, vemos, provamos, tocamos e sentimos. Isso tudo é guardado em um lugar dentro da nossa mente, só esperando para ser usado.

Quando estamos em um momento a procura de uma solução para um problema, nosso cérebro procura por padrões, dentro do que já vivemos, que permitam dar uma ideia para a situação, em outras palavras o famoso insight. São as nossas experiências que darão esse padrão.

Assim surgem as inovações que tanto admiramos e usamos no nosso dia a dia. A qualidade das suas ideias, no entanto, vai depender do seu repertório de experiências e quanto mais rico ele for, mais insights surgem. Por isso é tão importante ler, mas também assistir um bom filme, ouvir música, conviver com a família e com amigos.

O mundo funciona em um frenético ritmo de colaboração e compartilhamento e quanto mais você interage mais absorve e aprende. E quanto a ser criativo, basta exercitar a sua mente e, na medida que você a usa para pensar em soluções, as ideia surgem naturalmente.

Existem ferramentas que te ajudam a praticar e desenvolver a criatividade, como os brainstorms e mapas mentais.

E aí, já praticou sua criatividade hoje?

0

Marcelo Oliveira

Jornalista e entusiasta da Gestão do Conhecimento e Inovação, com uma passagem de 17 anos pela EMBRAER, onde atuei na edição de Publicações Técnicas e como focal point de inovação. Estruturei e estive a frente de um programa voltado a conectar pessoas, ajustar processos, melhorar a comunicação e aplicar uma gestão colaborativa e inovadora de equipes, ajudando a desenvolver o potencial humano, através do engajamento e da capacitação. Em paralelo, como freelancer, produzi textos para a revista Villaggio Panamby e para o site infoescola.com. Fundei a Inovadoramente Consultoria para oferecer serviços em gestão de equipes e comunicação. Também sou conteudista no Ideia de Marketing e na Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento, além de professor de Pós-Graduação na ESPM, dentro do Centro de Inovação e Criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *