fbpx

Os mais importantes pilares para entrar no mercado de trabalho

Os mais importantes pilares para entrar no mercado de trabalho

Uma das maiores preocupações dos jovens é justamente a passagem da sua fase adolescente para a vida adulta, com suas inerentes responsabilidades e dúvidas. Junto com isso vêm as cobranças pela escolha da carreira e o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Nem todos os jovens têm a sua profissão definida desde cedo na vida, muito pelo contrário, onde a grande maioria parece estar perdida em meio a procura pela diversão e um saldo para poder realizar alguns projetos pessoais, como viagens, equipamentos eletrônicos entre outros gadgets necessários para o seu dia-a-dia com sua tribo. E não afirmo aqui que isso possa ser algo supérfluo, pelo contrário, faz parte da uma geração que praticamente não ouviu o barulho da placa de fax-modem buscando uma conexão com a internet.

Recentemente, tive um conversa muito produtiva sobre o mercado de trabalho com um amigo, horas depois que meu sócio palestrava em outra atividade sobre o mesmo tema. O mais interessante é que as abordagens, necessidades e realidades discutidas em ambos os casos eram muito semelhantes: onde muitas vezes o mais importante para realizar um trabalho produtivo e rentável depende de algumas variáveis importantes – às quais vou descrever abaixo.

Ao meu ver, o pilar mais importante para ser avaliado na incansável busca por uma colocação no mercado é o talento. Com frequência, as pessoas demonstram habilidades inatas, que todos percebem, elogiam, estimulam e prestigiam, mas que muitas vezes é subexplorada pelo seu portador. Nesse caso, vale investir nesse dom, testar até onde é possível chegar, avaliar o tamanho desta habilidade e o quanto é possível dominar estas técnicas que são parte da sua personalidade. Percebendo a sua importância, é chegado o segundo ponto: o estado da arte.

Nesse ponto, desenvolver as habilidades é fundamental para perceber para que serve cada talento. Lapidar esses dons fará com que seja possível controlar os processos ao ponto de fazer funcionar suas habilidades no momento adequado, no sentido de ser uma solução para o problema de alguém. Nesse ponto, está definido o modelo de serviço a ser prestado. Testado esse método e sendo possível controlá-lo em diversos níveis, já é possível dar o próximo passo.

O último nível a ser avaliado nesse processo é o mercado, onde será aplicada a fórmula dos pilares encontrados nesse conjunto de avaliações. Talento + habilidade + mercado = resultados! A fórmula parece simples, mas removendo qualquer um dos elementos, a equação não funciona. O mercado que irá aceitar ou não tais habilidades, e o fato de ser possível controlar o que fazer com elas e entregar a quantidade certa de talento para cada ação será fundamental para resolver problemas reais, com recompensas proporcionais ao tamanho das expectativas geradas pelos clientes.

Para cada atividade demandada pelo mercado de serviços existe uma gama de habilidades necessárias (e desejadas) para atingir o estado da arte em cada segmento. Conhecer sua zona de talento e desenvolver cada habilidade adequadamente faz parte do processo de aprendizado diário para enfrentar um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e exigente.

Se deseja conhecer mais sobre esse processo, entre em contato pelo e-mail jonatanfortes@fontedetalentos.com.br, terei grande satisfação em ajudar você e sua equipe a descobrirem suas naturais zonas de talento.

0

Jonatan Fortes

Consultor empresarial, Diretor de Marketing da Fonte de Talentos (RS). Mestrando em Desenvolvimento Regional, onde busca conhecimentos visando aplicar na geração de talentos. Acredita no poder da comunicação e atua na promoção e desenvolvimento de empresas e talentos para o crescimento coletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *