fbpx

Nossos colunistas: conheça Alison Marques

Nossos colunistas: conheça Alison Marques

Reservamos um espaço mensal para valorizar nossos colunistas e mostrarmos mais sobre o lado profissional de cada um fora do Ideia e como o Ideia de Marketing pode influenciar nessa jornada. Hoje é a vez de conhecer mais sobre Alison Marques!

Alison MarquesQual é a sua área de atuação: Social Media.

Empresa: Grito Propaganda.

Desde quando escreve no Ideia? O primeiro artigo nasceu no dia 10 de abril 2013.

Quantos artigos já escreveu? 45 artigos.

O que mais gosta dentro e fora da sua profissão?

Estou perto de completar 5 anos que atuo nessa área como social media. Sou formado em jornalismo e tive a oportunidade de passar em outros campos da comunicação, como rádio, TV, assessoria de imprensa, jornal impresso; e todos eles me proporcionaram novas experiências diariamente, principalmente com a arte de contar histórias, para não tornar a notícia tão monótona e desinteressante. Como social media, vivo isso todos os dias e posso colocar em prática um pouco de cada área de atuação que já passei. Uso a linguagem do rádio pra despertar a imaginação, da TV pra estimular a visual, do impresso para trabalhar o sensorial. Então, encontrei nas mídias sociais uma forma de contemplar tudo isso numa comunicação 360º. Isso é o que mais gosto.

Conte-nos um pouquinho o que motivou a começar a escrever para o Ideia de Marketing? 

Quando comecei a atuar como social media, tudo era muito “novo”. Já estava começando a produzir artigos, na época pra faculdade. Sempre ficava olhando blogs e portais voltados pro marketing. Até que um dia conheci o Ideia de Marketing. Sempre gosto de olhar quem escreve. Verifiquei a Equipe Ideia e logo abaixo tinha escrito: “Quer fazer parte da equipe Ideia?”. Opa, vi uma oportunidade pra tornar público o material que já tinha, além das ideias que sempre surgiam. Foi ai que entrei em contato com o Paulo e participei da seleção. E hoje, estou aqui.

Onde normalmente tira inspiração para escrever seus artigos?

 Costumo sempre observar minha rotina de trabalho, os setores da agência, colegas de profissão que atuam em outros estados. Leio outros portais, busco notícias recentes… Tudo para saber o que está se passando e a necessidade que as pessoas têm de conhecimento.

Como isso te ajuda profissionalmente? E pessoalmente?

O Ideia já me abriu muitas portas. Tive a oportunidade de lançar meu e-book no início do ano passado e até hoje tem gente que me procura como referência quando o assunto é conteúdo humanizado nas redes sociais. Já ministrei palestras, dei aula em faculdades, cursos, entrevistas. E sempre levo o nome do Ideia de Marketing em tudo que faço. É uma forma de apresentar pra quem não conhece e ressaltar para os que estão sempre acompanhando os artigos.

Falando nisso, conte um pouquinho da sua vida profissional hoje. Tem algum projeto pessoal?

 Meu projeto pessoal sempre foi participar do programa O Aprendiz (rsrs). Pena que na época que passava eu não tinha idade. E hoje, não tem mais (Haha). Brincadeiras à parte, estou fazendo um MBA em Marketing Digital e Gestão de Mídias Sociais e em breve vou estudar Web Design & Development com foco em Web Media pela BYU-Idaho. Acredito que a educação é fundamental, principalmente para oferecer um serviço cada vez mais profissional.

Como acha que seu trabalho pode ajudar a transformar empresas e pessoas?

A partir do momento que as empresas enxergam a necessidade de se comunicar, já é o primeiro passo. E quando elas optam por se comunicar de forma mais humana, mais próxima, acredito que é um bom caminho, principalmente nas mídias sociais. É como se eu tivesse agarrado essa ideia como uma missão de vida profissional. Venho há uns 3 anos estudando, pesquisando e analisando vários casos de empresas que apostam nessa humanização e observo que quando é bem planejado, os casos são de sucesso. É isso que gosto sempre de abordar nos artigos e no meu dia a dia de trabalho.

Qual foi o artigo que você mais gostou de escrever no Ideia? Conte um pouquinho do porquê dessa escolha

Pergunta difícil, mas tem um que me chamou atenção desde a concepção, que é o artigo “Quem é a sua marca na turma do Chaves?”. Estava pensando sobre o que deveria escrever e fui dormir. Sonhei com o Chaves como se cada personagem fosse uma marca. Acordei e fui correndo escrever. Esse artigo retrará os vários tipos de comportamento de empresas que podemos encontrar hoje nas mídias sociais.

bannerPara finalizar, apesar de ser uma área “nova”, quem trabalha com redes sociais deve estar sempre se atualizando e buscando novos conhecimentos. O serviço precisa ser profissional. Precisamos parar com essa de que “é apenas um post no Facebook”. Se essa visão continuar, as empresas vão continuar pensando que qualquer um pode fazer. Ao mesmo tempo, quem contrata um serviço profissional deve ter em mente que a pessoa estudo, se especializou, viveu experiências, tem cases, e esse trabalho precisa ser valorizado!

 

0

Mariana Melissa

Graduada em Marketing e Gestão de Recursos Humanos, é apaixonada pela arte da escrita e pelas relações pessoais. Já trabalhou com comunicação interna, redação e marketing. Atualmente é Gerente de Projetos na agência Target Mais e está a frente dos projetos internos do Ideia de Marketing atuando como gestora de pessoas e conteúdo. marianamelissa.s@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *