fbpx

Crise de imagem: vamos chorar ou vender lenços?

Crise de imagem: vamos chorar ou vender lenços?

Nesta semana, nosso amigo Paulo Lima postou esta famosa frase em seu perfil no Facebook: “Numa crise, alguns choram e outros vendem lenço”. Isso me fez lembrar de situações e oportunidades que podemos aproveitar em momentos de crise.

Há exatamente um ano, postei um artigo sobre o que podemos aprender com as crises de imagem nas redes sociais. Alguns passos simples que ajudam a manter a calma e apagar o incêndio com segurança.

Mas como enxergar oportunidades em meio a uma crise de imagem nas redes sociais? Nossa realidade aponta que, devido à facilidade de comunicação no ambiente online, as marcas ficaram mais suscetíveis a receberem críticas dos consumidores sobre determinada marca ou serviço. Carolina Terra, pesquisadora de Comunicação Digital, ressalta que é dever das organizações criar cenários favoráveis para a construção de opiniões sobre produtos, serviços e ideias.

Para facilitar esse processo, é importante que tenha uma agência de comunicação em redes digitais, que criam canais entre organizações e as redes sociais, pautando-se sempre pela comunicação bidirecional, mais interativa que permite a participação e a construção coletivas, conhecendo bem o segmento e identificando os hubs (ou conectores, que seriam os nós/concentradores de tráfego e de ligações que tenderiam a receber sempre mais conexões), para gerar um relacionamento mais próximo e transparente.

Caso isso não seja feito, a empresa terá que investir cada vez mais caro para conseguir influenciar a decisão de compra por outros meios. Já que estamos falando em sites de redes sociais, vale lembrar que hoje existem inúmeras formas para fazer o monitoramento, podendo identificar seus clientes satisfeitos e insatisfeitos para estreitar o relacionamento e, assim, adquirir uma imagem positiva.

Conrado Adolpho, outro especialista em comunicação digital, ressalta que cada seguidor deve ser conquistado individualmente através de uma seleção qualitativa. Use o timing a seu favor e ofereça seus produtos nas mais diversas situações, compilando ideias e transformando em um conteúdo inteligente que logo é curtido, compartilhado e, principalmente, vendido.

Seu objetivo é alavancar o número de citações de sua marca na internet? Se a resposta for sim, parabéns, você está no caminho certo. Isso vai ajudar muito na construção do seu capital social, para quando a tempestade chegar, seu guarda-chuva não vai voar com a primeira ventania, pois os embaixadores da marca estarão lá te defendendo. Quando isso acontecer, não se desespere e esteja com seu estoque de lenços lotado.

Boas vendas!

 

0

Alison Marques

Viciado em compartilhar conhecimento. É Especialista em Linguagens e Mídias Digitais, jornalista, palestrante e social media.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *