fbpx

Quem é você no presépio?

Quem é você no presépio?

É, meus amigos. Então, é Natal! E o que você fez? Brincadeiras à parte, esta época do ano costuma nos deixar com um espírito mais leve. Afinal de contas, esse sentimento é inerente da aura natalina.

O presépio é uma representação de um dos momentos mais marcantes da história da humanidade, que foi o nascimento de um grande líder, Jesus Cristo. Reza a lenda que o primeiro foi feito no Natal de 1223, por São Francisco de Assis, com o objetivo de explicar para as pessoas mais simples o significado de como foi o nascimento de Cristo. A tradição se perpetuou e o legado de São Francisco é visto até hoje nas comemorações cristãs.

Eis uma palavra que gosto: legado, que vem do latim legatus. Qual será a marca que deixaremos no mundo? Observando, certa vez, um presépio montado, busquei entender as características de cada um que se faz presente ali. Percebi que eles deixaram um legado na história da humanidade.

José, por exemplo, foi um bom companheiro. Amou, trabalhou arduamente, foi responsável. Parecia aquele funcionário recém-formado, que com o tempo precisou assumir novas responsabilidades. Quando chegou esse momento, continuou tendo a mesma personalidade e passou a compartilhar conhecimento e a orientar sua família (lê-se equipe).

Maria foi forte e estava pronta para defender tudo e todos. Tinha um propósito, cumprir a missão de seu superior. Quantas vezes não precisamos fazer isso em nosso ambiente de trabalho, quando acreditamos em um ideal e queremos ver um projeto concluído? Ela amou, foi fiel, educou e descobriu os mistérios da maternidade (lê-se mundo corporativo). Doação e dedicação era o lema dela.

E os reis magos? Receberam um sinal e seguiram o caminho. Eram simples, modestos. Apesar de serem inteligentes, tinham a virtude da humildade, pois sabiam ouvir. E no final, apresentaram suas contribuições. Também estão presentes no cenário, a natureza, que em todo momento se fez presente a serviço de uma parte da grande missão que estava se cumprindo.

Não podemos esquecer da estrela, que serviu de guia, e os anjos que espalharam a boa notícia. Qualquer semelhança com o setor de comunicação de sua empresa é mera coincidência.

E para finalizar, o personagem principal: o menino Jesus. Trouxe luz e esperança de dias melhores. Cresceu de graça em graça e não perdia uma oportunidade para ensinar e compartilhar os conhecimentos vindos do alto. Em nenhum momento desistiu. Muito pelo contrário, deu até a própria vida.

Fez-me lembrar daquele funcionário que sempre que chega emite luz e energia a todos, que veste a camisa da empresa e está disposto a se entregar em prol de uma missão.

Quem você quer ser no presépio? 2015 está chegando! Hora de repensar sua missão de vida e que tipo de legado quer deixar. Boas festas!

0

Alison Marques

Viciado em compartilhar conhecimento. É Especialista em Linguagens e Mídias Digitais, jornalista, palestrante e social media.

2 comentários sobre “Quem é você no presépio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *