fbpx

Ideias que podem se tornar bons negócios – Parte II

Ideias que podem se tornar bons negócios – Parte II

Em complemento ao artigo anterior, onde foram ensaiadas algumas características e ações para fortalecer ideias e torná-las aptas a desenvolverem bons negócios, o presente texto continua não trazendo nenhuma fórmula mágica ou macete para que suas ideias tornem-se inspirações para novas start ups bilionárias em 2015.

Ao contrário disso, permito-me sondar o que certamente poderá fazer com que a sua ideia ou empresa possa apenas se diferenciar da concorrência, de outras marcas atraentes ou de uma empresa que possa ter um poder de divulgação maior do que o seu.

Cada microempresário, ao tornar-se empreendedor, vislumbra um objetivo para sua empresa. Muitas vezes, este não detém ainda características empreendedoras ou não possui um perfil que possa lhe levar para o topo da cadeia de consumo. Ele é apenas um empresário, com poder de investimento, por muitas vezes moderado. Mas ele tem ideias, algumas melhores que outras. Quase sempre, as ideias são as mesmas, porém, com um detalhe a menos ou a mais.

Pretende abrir uma sorveteria? O que ela teria de diferente? Que experiência o consumidor terá ao entrar nesse estabelecimento? Vejo mesas retangulares com cadeiras que giram sobre o eixo. Vejo duas cores, talvez um pequeno parquinho. Vejo uma máquina de sorvete expresso. Mas espera… onde está o atrativo para o público-alvo? Qual é o público-alvo mesmo? Estava pensando que esta sorveteria poderia servir um milk-shake quente. Ou talvez pudesse divertir as crianças com um super-herói dentro de um universo de brinquedos. O que a empresa tem a oferecer para o cliente que não seja feito há pelo menos 50 anos?

Hmm… agora a ideia é ter uma vídeo locadora. Bom, vídeos são baratos, o sistema de locadora, cada vez mais pessoas alugam filmes para ver em casa. Não, isso é um conceito do final dos anos 80. Popularizou-se nos anos 90, entrou em colapso nos 2000. E hoje, padece. A última grande marca de locadoras de vídeo fechou suas últimas trezentas (sim, 300) lojas no final do ano passado. TVs por assinatura, sistemas de vídeos on demand, diversos motivos são percebidos pela derrocada desse modelo de negócio.

Mas e se ao invés de ter uma locadora de filmes, pensar em criar um novo nicho de mercado? Aproveitar-se da oportunidade gerada pelo fechamento de um mercado gerado pela pirataria e concorrentes de peso. O que pode ser diferente nesse caso? Experiência. Que tal um ambiente totalmente temático, caracterizado de acordo com os seriados mais famosos e queridos do público. Além de atrair um sem número de fãs pode tornar o seu ambiente muito mais propício para agregar produtos e valor a sua marca.

A partir disso, você tem um gigante ativo, trabalhando a seu favor, pronto para lhe gerar mais e mais produtos que são cheios de fãs e público. Uma marca se torna forte a partir de uma ideia, um conceito. Entregar experiência e motivação para o retorno é o segredo de sucesso de qualquer ideia. Isso a torna apta para se transformar em um bom negócio.

Se o fato de a ideia ou modelo de negócio ter que se diferente for lembrado após a leitura do texto, a intenção foi atingida. O importante é que as ideias sejam boas, genuínas e que possam ter um ponto referencial com o produto. Esse momento que o cliente “saca” o seu conceito é genial e o torna um cliente leal, pronto para consumir todos os subprodutos que possam ser desenvolvidos a partir da marca.

Não tem mais espaço para tantas commodities no mercado. Todos nós merecemos consumir produtos e serviços que tenham a nossa cara, que satisfaçam os nossos anseios, que possam agregar valor a nossa vida. A partir de agora, eu duvido que algum de vocês possa entrar em uma sorveteria e consumir o produto sem pensar o que poderia ter de diferente naquele lugar. Vamos lá!

0

Jonatan Fortes

Consultor empresarial, Diretor de Marketing da Fonte de Talentos (RS). Mestrando em Desenvolvimento Regional, onde busca conhecimentos visando aplicar na geração de talentos. Acredita no poder da comunicação e atua na promoção e desenvolvimento de empresas e talentos para o crescimento coletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *