Adeus mercado de trabalho

Adeus mercado de trabalho

Uma das tarefas mais difíceis de um profissional é a decisão de deixar o mercado de trabalho e ir em busca de um sonho, desafios e um pouco de aventura. E esse mix de emoções é facilmente encontrado no mundo dos negócios, ambiente desejado por milhares de empreendedores, mas que requer uma boa dose de coragem.

Dentre todas as dúvidas a que se destaca é em relação a segurança e estabilidade que um trabalho registrado te proporciona. Deixar essa realidade para embarcar na aventura de empreender e ter o próprio negócio nem sempre é fácil e na maioria das vezes demora mais do que o planejado. Não bastasse o primeiro obstáculo na empreitada, os próximos são igualmente desafiadores. Decisão de mercado, público, infraestrutura, equipe, tudo isso parece fácil, mas não é nem um pouco.

Não seria justo deixar apenas as coisas complicadas expostas aqui, afinal ser “dono de empresa” tem muitas vantagens e nos traz muitos benefícios. Destaco em primeiro lugar, mas não o mais importante, o fator qualidade de vida. Quando se trabalha para outra pessoa, por mais dedicação e entrega no que é feito, será sempre para outra pessoa, ao empreender a vontade de se dedicar e ser comprometido cresce a cada dia, e o sentimento de ser responsável direto por aquilo cresce junto. Nada melhor do que ver o ser projeto ganhando forma e se tornando real.

Outro ponto importante é a capacidade/necessidade de aprender e conhecer muito mais, quando nos deparamos com o cenário onde  tudo depende de nós e nossas decisões são o fator propulsor do negócio, nos damos conta de que precisamos buscar conhecimento, buscar pessoas, cursos, palestras e tudo que possa nos ajudar a melhorar o negócio. Com isso saímos da mesmice e melhoramos como pessoas e profissionais.

São apenas algumas das vantagens de se arriscar e pular de cabeça em um projeto SEU, algo que vai mudar a sua vida e o seu futuro. Tão arriscado quanto empreender no próprio negócio é ficar dependente do mercado de trabalho, então se é para arriscar, melhor arrisca em algo nosso, que nos traga mais qualidade de vida, novos desafios, conhecimento e principalmente que desperte o nosso espírito empreendedor!

Thiago Maia

Formado em Marketing, atua na área comercial há mais de 7 anos, atualmente no setor de Franchising. Apaixonado por comunicação e entusiasta de vendas. Pró-ativo, curioso e muito teimoso. Acredita no poder das marcas e acima de tudo no poder das pessoas.

One thought on “Adeus mercado de trabalho

  1. Concordo plenamente com o texto. Hoje essa é a minha realidade!
    Estou com 31 anos, sou casado e pai de duas lindas meninas (5 e 2), com pouco mais de 9 anos de experiência em diversas áreas da Engenharia, dos quais atuo a 5 anos como Engenheiro Técnico Comercial.

    Desde muito jovem, antes mesmo de ingressar no meu primeiro curso superior, mentalizava meu próprio negócio.
    No decorrer dos anos, essa vontade me instigou ainda mais. Atualmente, alavancado pela falta de reconhecimento da empresa e pelo péssimo tratamento oferecido pelo meu “chefe”, não consigo me imaginar sequer mais um ano de trabalho nesta empresa, e muito menos arriscar em outras empresas para daqui a cinco anos, ver a mesma história se passando novamente.

    Então, mãos a obra! Já que só podemos afirmar o quanto já vivemos, porque não começar a viver nossos sonhos dando vida à eles!

    Saúde, fé e muita sorte a todos!

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *