fbpx

Comunicação Inteligente: há mais de uma maneira de comunicar sua ideia

Comunicação Inteligente: há mais de uma maneira de comunicar sua ideia

Recentemente tive a oportunidade de participar de uma palestra cujo o tema era Comunicação Inteligente. Nesse breve encontro entre profissionais das mais diversas áreas, pessoas interessadas em se instruírem e compartilharem ideias a respeito da arte de se comunicar, captei alguns pontos importantes para transmitir uma mensagem de maneira eficaz.

São pontos bastante simples, coisas que – não duvido nada – grandes nomes da comunicação, inclusive você, podem e já devem utilizar durante o trabalho ou até mesmo na trivialidade do dia a dia. Repito, é uma tarefa simples, porém, realizá-la não deve ser tão, digamos, tranquilo assim.

Para se comunicar, interagir, obter um boa resposta e aceitação do público, é importante saber:

Que o mais importante é ouvir o outro, pois trabalhamos com e para pessoas, logo, temos interesses em comum, um objetivo, uma função, e o caminho é de mão dupla, é recíproco, ou seja, para que sejamos entendidos devemos escutar também.

A partir do momento que nos disponibilizamos a prestar atenção no que o outro tem a nos expor partimos para a etapa seguinte, que é descobrir o que faz sentido para ele (o público). Esse é o momento em que focamos em perceber as necessidades, anseios e interesses desse público. Para mim, nada mais é do que se sensibilizar e se colocar no lugar da outra pessoa de fato, mesmo – e principalmente – quando ouvimos algo que nos desagrade e que não tínhamos o conhecimento ou fechamos os olhos para tal.

As pessoas são ricas em histórias e podemos descobrir o inesperado em meio a uma interação com nosso receptor. Sendo assim, nunca podemos deixar de considerar as experiências e as bagagens do outro que foram adquiridas até então.

Consequentemente a essa nova atitude, a de se permitir ouvir e entender o público, chegaremos ao próximo passo que é trazer o problema do outro para a nossa história. Como eu (sendo o outro) vejo e me situo em relação ao problema que desejo resolver?

Se você conseguir compreender o contexto e qual é o problema dentro dele, já deu um grande avanço para realizar uma comunicação inteligente na próxima vez que abordar seu público.

Agora, para produzir e expor seu conteúdo, una os pontos, assimile as ideias e crie um cenário comum onde todos do seu público possam se situar e entender o conteúdo e utilize fontes e exemplos externos que facilite a compreensão e dê créditos à sua história. Algo que sirva como complemento para a mensagem.

Para finalizar, responda a pergunta: o que meu público precisa que meu diferencial (meu produto, serviço, ideia) atende? E, na hora de fechar a comunicação, faça uma coisa que irá diferenciar seu trabalho: brinque com o conteúdo, há mais de uma maneira de comunicar sua ideia.

Essa foi a mensagem que tentei resumir aqui e que consegui absorver com tamanha facilidade que já estou implementando gradualmente em minhas relações.

 

0

Marcos Holanda

Curioso. Inconstante. Inconformado. Seria interessante me conhecer um pouco mais pelos meus textos, eles representam parte de mim. Então, boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *