fbpx

E-Book Marketing: 12 passos para a construção do seu primeiro livro digital

E-Book Marketing: 12 passos para a construção do seu primeiro livro digital

Era uma vez… autores frustrados por não aceitarem a “revolução da leitura”, e disponibilizarem seu material em formato digital. Bom, para alguns, o cheirinho do papel novo é fundamental e até um quesito para dispor de uma boa leitura; motivar horas dedicadas ao livro (todos nós amamos este cheirinho). Mas essa frustração não é equivocada ou mal intencionada, pelo contrário, muitos ainda não compreendem o recurso da publicação digital e acabam temerosos sobre como administrar do marketing destes projetos.

Há vários fatores que desafiam as pessoas ao publicar seus livros. Escritores muitas vezes pensam que não podem fazê-lo porque já há centenas de anos tem sido apenas os editores que decidem o que pode ser publicado. Apesar da aliança gerada, e claro, gestão, publicidade, envolvimento, distribuição etc., isso tem mantido as pessoas com boas informações ou ótimas histórias em suas cabeças; o medo de avançar e criar um livro totalmente próprio, sem influencias externas, de terceiros.

Existem alguns passos simples que podem ajudá-lo a nortear e clarear seus objetivos. São algumas dicas de alguém que também está se aventurando nesse campo:

1º – Não se preocupe com artes e capa agora;

2º – Crie conceitos. Elabore o público-alvo. Faça em tópicos os assuntos e temas abordados. Qual é a mensagem que deseja passar? Quais serão as linguagens que pretende adotar (intimista, acadêmica, profissional, pessoal, criativa, objetiva, didática, clássica, etc.)? – e a partir disto, se estava em dúvidas, pode até sair já o gênero do livro. Me diga, o que te levou a escrevê-lo?

3º – É para entreter ou solucionar problemas? Informar um assunto ou expor ideias?

4º – Tenha prazos;

5º – Ande sempre com um bloquinho e caneta no bolso (que ironia usar esse exemplo já que estamos imersos no mundo digital – mas permita-me ser nostálgico neste passo). TODAS as palavras que saltarem da sua mente, anote. Elas certamente renderão uma frase, depois um parágrafo e até um capítulo. Não menospreze as palavras. Valorize seus rabiscos;

6º – Você pode começar a divulgação antes mesmo de escrever o livro… (pausa para grandes suspiros de ansiedade). Esta é uma dica que tem dado certo para alguns autores. Mas, cuidado em não deixar o público ocioso demais. Alimentar o que não poderá suprir em breve pode ser catastrófico! Em seu planejamento, veja se é possível ou não;

7º – Invista PESADO nas redes sociais – não tem jeito, é ali o seu maior campo de divulgação. Há uma corrida do ouro na Internet, onde as pessoas podem levar seus livros e colocá-los lá fora. Possibilidades variadas para construir carreiras inteiras.

8º – Inove. Pense no que não foi pensado antes (esse provavelmente pode ser o passo mais difícil, mas eu acredito em você!). Dedique horas do seu dia se inspirando. Lembra da “criatividade simplificada”?

9º – Onde publicar? Site ou blogs? Quais lojas? Quais redes sociais? Será gratuito ou pago? Se pago, qual valor? (E para isso, pesquise nas lojas. Tenha bom senso, pois ninguém vai querer pagar caro por um autor desconhecido.) E o e-mail marketing? Pense sobre o potencial de possuir os direitos de um livro digital. Você pode vender cópias dele para o resto de sua vida. Porque todo mundo vai ser capaz de encontrá-lo e fazer o download do livro. Pense no formado dele: PDF, ePub…

10º – Agora sim, vamos cuidar do visual! É aqui que maior parte de sua identidade estará “impressa”. Então, pense com carinho como será o design, os conceitos de fotos e ilustrações. Cuide bem da diagramação como se fosse seu filho. Estude as cores e fontes certas. Se pensar em colaboradores, que sejam aqueles que acreditam no seu projeto;

11º – Revise. Revise de novo. Vamos revisar outra vez? Antes de disponibilizá-lo para o mundo, deixe seus textos com alguns amigos próximos, colegas de trabalho ou família. Eles serão os melhores revisores, analistas, colaboradores e incentivadores. Assim, se houver alguma correção para ser feita, dá tempo;

12º – Registre! Mesmo sendo digital e você sendo o próprio editor, é primordial que exista o registro do seu livro, o ISBN. As informações você pode encontrar no site da Biblioteca Nacional (www.isbn.bn.br).

No final das contas, o marketing não será a venda do seu livro apenas, e sim o conjunto da obra. Ou seja, todo este trabalho árduo, estará explicito ao público, que sempre será crítico e exigente. Mas se vale mais uma dica: não se preocupe com isso. Seja você mesmo. Lute por suas ideias! Seja o primeiro a acreditar no seu texto. E se você tiver outras dúvidas que não conversei por aqui, sinta-se à vontade para perguntar.

 

0

Arthur Barbosa

Essa coisa de definir coisas... Escritor, professor, colunista e curioso. Produzindo o terceiro e-book. Licenciando em Filosofia, com foco nas artes e comportamento. Não vive sem séries - e dramas. Melancólico e péssimo de cozinha. O 2º livro #AConstrucaoDoOlhar PDF free aqui ó: bit.ly/aconstrucao | Vídeos sobre os livros em youtube.com/user/arthiebarbosa

3 comentários sobre “E-Book Marketing: 12 passos para a construção do seu primeiro livro digital

  1. Tenho o desejo de colocar em exposição o que tenho escrito,e gostaria de ajuda.
    Tenho que enviar algum arquivo?um esboço,o que devo fazer?

    0

    [Reply]

    Arthur Barbosa Reply:

    Boa tarde Ronaldo!
    Existe um email que você pode entrar em contato, expor pra gente seu conteúdo e conversarmos. Fique a vontade: pessoas@ideiademarketing.com.br

    Espero que possamos continuar te inspirando por aí :)

    0

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *