fbpx

3 coisas apresentadas no evento da Apple que merecem atenção

3 coisas apresentadas no evento da Apple que merecem atenção

Na última segunda-feira, Tim Cook (CEO) e mais alguns nomes de peso da Apple subiram no palco para um dos eventos mais esperados quando se fala em tecnologia. A 25ª WWDC (Worldwide Developers Conference) de 2014, vinha repleta de rumores e especulações, como a maioria dos eventos da Apple. Os boatos do novo iPhone com uma tela maior e o possível lançamento do iWatch movimentaram as notícias. As reações após a keynote foram diversas. Da empolgação dos desenvolvedores com os diversos kits liberados, aumentando a possibilidades no desenvolvimento dos apps, das novidades no iOS 8 e OSX Yosemite, até a indignação de alguns, como o CEO do WhatsApp, que ironizou a inovação da Apple ao falar das inúmeras features que o iMessage (serviço de mensagens nativo da Apple) apresentou, que já existem no WhatsApp. Sobrou até piadinhas para o Android.

Polêmicas a parte, algumas coisas ficaram facilmente visíveis:

 1 – Fim das senhas

A Apple anunciou a liberação de uma API para o Touch ID (reconhecimento biométrico), função muito esperada desde a implementação do Touch ID no ano passado, que tava restrita apenas ao desbloqueio do iGadget e da confirmação de compras na iTunes. Com a API liberada, será possível incluir diversas funções. Em breve você não precisará lembrar das 200 senhas diferentes, apenas confirmar a digital.

 2 – A nuvem te espera!

O mercado que é cada vez mais movimentado e que surgem novas soluções constantemente já provocou a redução dos HD’s físicos e recentemente já tinha sido abalado quando o Google reduziu os preços consideravelmente (colocou 100 GB por apenas $1,99/mês). O iCloud Drive, com a integração entre o OSX e o iOS (sistemas operacionais dos computadores e do smartphone/tablet da maçã) e possibilidade da busca como se fosse uma pasta nativa, deixa claro que pendrives e HDs estão caminhando para o mesmo lugar dos disquetes.

disket x cloud

 3 – Os wearable gadgets estão chegando!

Antes do evento, a internet recebeu uma enxurrada de boatos falando sobre o lançamento do iWatch, um relógio inteligente da Apple. O mercado já tem algumas soluções, como o Pebble e o Galaxy Gear e Galaxy Fit da Samsung. De fato não tivemos o lançamento do iWatch, mas foi apresentado o Health, um aplicativo que recolhe de maneira prática diversas informações de saúde e fitness e um kit de desenvolvimento para integração nos aplicativos. Se com o iPhone no bolso já é possível recolher diversas informações, imagine as inúmeras possibilidades que um relógio inteligente poderia agregar?

Com todas essas novidades, é incrível observar a evolução desses dispositivos. Se antigamente o foco era ligações, chegamos ao ponto onde eles se tornaram nossos ‘melhores amigos’ e com alguns simples toques, é possível realizar pagamentos, captar informações da sua saúde e até abrir portas. Claro, sem esquecer das selfie’s né?

0

Arthur Castro

Respira Mobile e inovação. Sempre conectado com algum iGadget, é exemplo vivo dessa geração "alguma letra". Além de escrever aqui e em outros blogs, é palestrante e passa os dias criando apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *