fbpx

A Copa do Mundo para o varejo – ameaça ou oportunidade?

A Copa do Mundo para o varejo – ameaça ou oportunidade?

Estamos em ano de Copa do Mundo e a expectativa sobre os resultados do megaevento para o varejo geram dúvidas para alguns setores. À primeira vista a impressão é de que a Copa gera somente benefícios para o varejo, mas se o evento mobiliza protestos entre a população, também gera incertezas para os varejistas. Não há uma base de comparação para projetar resultados, as ações de marketing precisam levar muitos fatores em consideração. 

Apesar dos grandes investimentos em marketing e divulgação voltados para o Brasil e o futebol, estes podem não converter resultados expressivos para as empresas. Parte do empresariado e gerentes veem com pessimismo as paralisações em decorrência dos jogos, que acarretam na perda de períodos de venda, e as atenções voltadas para a Copa que tiram o foco das vendas no período. Muitos estão cautelosos quanto a suas expectativas em função do contexto social e econômico em que a Copa se configura, além dos atrasos e frustração em relação à infraestrutura prometidas.

O ano de 2014 traz desafios, mas enquanto por um lado a Copa é alvo de críticas e protestos, por outro há quem de alguma forma aproveitará a realização do evento no Brasil para fortalecer sua marca e estratégias.

Teremos um fluxo maior de consumidores no país, com turismo interno e externo aquecido. Inclusive muitos brasileiros que costumam viajar para o exterior, optarão por passar as férias no país favorecendo o consumo no mercado interno. Além disso, os jogos proporcionam uma atmosfera positiva de celebração e confraternização, que pode ser associada às marcas e transmitida ao público. É também interessante para as equipes que podem ser trabalhadas em aspectos motivacionais.

Sem dúvidas alguns setores varejistas são privilegiados, como alimentação, bebidas, eletrônicos e materiais esportivos, porém os demais poderão elaborar estratégias para tentar tirar proveito deste cenário. Com certeza a Copa constou em muitos planejamentos de marketing para o ano e foi decisiva para algumas tomadas de decisão, como abertura de pontos de venda. Muitas campanhas estão sendo veiculadas, dos mais variados setores, utilizando o tema criativamente.

No momento em que um evento deste porte é confirmado para o país, cabe a cada empresa definir a sua postura em relação a ele, e transmiti-la para sua equipe. Mesmo em um panorama incerto, a Copa é garantia de visibilidade e a oportunidade de aproximar pessoas. Ainda que o momento não seja propício para total otimismo, vale considerar qual oportunidade ele pode conferir, e se preparar, ainda que moderadamente.

0

Caroline Trapp

Publicitária e sócia-proprietária na AnimA Estratégias em Relacionamento. Estuda comunicação, marketing e comportamento de consumo, vê no relacionamento o diferencial de marcas e negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *