fbpx

Sua marca é aquilo que posta?

Sua marca é aquilo que posta?

De uns tempos pra cá, com o advento da web e o elevado número de sites de redes sociais, é perceptível a presença de empresas no ambiente online. No começo, tudo muito sério. Depois, algumas começaram a se destacar por apresentar um conteúdo mais leve, conhecido na comunicação como personificação de marca e conteúdo humanizado. Isso vem contagiando as organizações que estão nas redes sociais.

Porém, como definir o tipo de conteúdo que deverá ser postado? A linguagem? Se haverá limites ou não?

Conheça seu público! As próprias redes sociais informam quem são, de onde são, a idade. Pense em algo que tenha a ver com a realidade da marca e com a realidade do público. Reflita os objetivos. Como a empresa quer ser vista e exposta por seu público? Apresente uma abordagem diferente.

Um risco!

Aí vem a pergunta: “Sua marca é aquilo que posta”? Se, no ambiente online você apresenta um tipo de personalidade que é diferente da realidade, a marca corre um grande risco de perder a reputação e mandar todo seu trabalho por água abaixo. Imagina você atender um cliente super bem nas redes sociais e esse mesmo cliente, posteriormente, receber um péssimo atendimento no offline.

O comportamento no ambiente online deve ser o reflexo do offline. Pessoas gostam de ver pessoas, de conversar com pessoas. Personifique. Porém, com planejamento e bom senso.

Fique ligado. Vem novidade por aí. Em breve lançarei meu e-book “Marcas que são gente”, fruto de meses de pesquisa e trabalho sobre personificação de marca e conteúdo humanizado. O livro estará disponível para que você possa conferir algumas dicas de como construir uma persona e desenvolver um bom conteúdo nas mídias sociais.

Alison-Marques

0

Alison Marques

Viciado em compartilhar conhecimento. É Especialista em Linguagens e Mídias Digitais, jornalista, palestrante e social media.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *