fbpx

O bom velhinho sempre vem

O bom velhinho sempre vem

Este é um momento muito especial, o Natal está próximo e todos estamos ansiosos por compartilhar o espírito natalino com nossos familiares e amigos, trocar presentes e abraços, dividir nossa felicidade e aproveitar ao máximo o momento que todo ano nos traz lembranças tão gostosas de nossa infância. Mas a percepção que pretendo trazer neste artigo será a de uma visão um pouco mais comercial desta data, onde o mercado aquece e o marketing se apresenta com um papel fundamental para que isso aconteça.

Qual será o segredo deste tal São Nicolau que todo final de ano aparece e transforma o mercado em um verdadeiro caos? O bom velhinho aguça a percepção de todos e transforma os nossos sonhos em possibilidades de realizações.

A decoração natalina aparece em lojas e shoppings. Os comerciantes buscam chamar a atenção do consumidor a todo o custo, pois sabem que esta é uma data muito importante para realizarem suas vendas, e após isso, passarão alguns meses com o movimento limitado em suas lojas.

compras natalO final do ano também representa um aumento da folha salarial para os trabalhadores, que recebem uma parcela extra no seu salário e assim o poder de compra aumenta, trazendo alguns riscos para o mercado.

Parece que algumas necessidades acabam aparecendo em nossas vidas sem nos darmos conta e como consequência disso saímos às ruas em busca de bens de consumo, ou de futilidades quem sabe, o certo é que sem nos contentar com o que possuímos acabamos por utilizar a data para aumentar nossos gastos. Assim o marketing natalino cumpre sua função, atinge nossas emoções, nossa vontade em presentear um ente querido e torna o mercado mais atraente e pulsante.

Neste período as marcas possuem uma oportunidade ímpar para se conectar com o seu público. O envolvimento emocional aumenta e a chance de conseguir novos fãs é grande, pois vivemos em meio a um verdadeiro furacão de ofertas, onde a razão não tem espaço, a emoção é predominante, aliás, como escrevi isso em outro artigo, a emoção domina a razão.

Às vezes fico pensando, por que esse sentimento não nos acompanha durante todo o ano? Deveríamos pensar em ações de marketing que conseguissem implantar em nós isso para sempre, o que acham? Fazer com que a solidariedade e a compaixão fossem presentes todos os dias em nossas vidas. Amigos, familiares e comerciantes agradeceriam. Sim, comerciantes, pois são eles que se dedicam tanto, o ano todo, para colher os frutos natalinos. Estes certamente ficariam muito contentes se o espírito do Natal se estendesse por alguns meses, teriam assim um maior período fértil no caixa O certo é que este Natal irá passar, e espero que em nossos corações permaneçam os sentimentos bons. Que não encaremos essa data apenas comercialmente, que compremos presentes sem datas específicas e que nos lembremos de nossos amigos e familiares nem que seja para lhes dar um bom dia. Que no próximo ano, possamos todos estar juntos novamente, seja pessoalmente ou pelas palavras escritas e lidas aqui, no Ideia de Marketing.

Feliz Natal leitores do Ideia, abraços!

Marcus-Tonin

0

Marcus Tonin

Sócio da Candoo Comunicação e Branding e Consultor de Marketing pelo Sebrae. Apaixonado pela comunicação, que ainda acredita que esta deva ser realizada pelas pessoas, e não por seus meios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *