fbpx

3 razões para entender porque as mídias sociais não são gratuitas

3 razões para entender porque as mídias sociais não são gratuitas

Há algum tempo o weblog Mashable publicou um artigo intitulado “Os cinco piores conselhos para pequenos empresários” e o pior deles com certeza era: mídias sociais são gratuitas.

Ainda há muitos empresários acreditando nisso e entendendo isso como um bom conselho. Criam uma fanpage, uma conta no Twitter, iniciam um blog e esperam dezenas de curtidas, seguidores e leitores sem fazer mais nada. Ok, criar tudo isso é sim gratuito, mas para ter sucesso com sua presença online é preciso muito mais.

Apresento aqui as três razões porque esse conselho é enganoso e acrescento algumas soluções para que sua empresa, mesmo pequena, tenha bons resultados nas mídias sociais:

Estar nas mídias sociais consome tempo e tempo é dinheiro

É preciso tempo para escolher o conteúdo certo para postar em sua página no Facebook, para pesquisar tweets interessantes e para ler matérias que estão em destaque em sua área de atuação. É preciso tempo para transformar informações em posts. Ao iniciar seus trabalhos nas redes, você pode até achar que tem tempo, mas essa ideia só durará uma ou duas semanas e você perceberá que é muito desgastante conseguir manter seu ambiente social criativo o tempo todo. Além disso, você terá de ser sensível e responder às perguntas e observações de seus seguidores rapidamente – segundo pesquisas as pessoas começam a se irritar caso as respostas não sejam dadas em até 3 horas.

Solução: Estabeleça um tempo por dia para se dedicar a sua presença social – você é quem sabe se serão 90 ou 10 minutos, mas programe-se para cumprir o tempo de dedicação. Tenha em mente que quanto mais tempo se dedicar, mais resultados conseguirá extrair das mídias sociais. Não acredite que com 10 minutos terá os mesmos resultados que o pequeno empresário que se dedica 90, mas se são só 10 minutos o que você tem, use-os de forma sensata. Planeje, crie calendários de conteúdo para saber o que você deve postar a cada dia (baixe na internet aqueles que fornecem todas as datas comemorativas, inclusive as mais bizarras), e utilize ferramentas de agendamento para posts, existem muitas gratuitas por aí, basta procurar no Google.

Mídias sociais precisam de pessoas para administrá-las

Como na maioria das pequenas empresas, sua equipe deve ser bem enxuta e nem sempre é financeiramente viável contratar alguémSM-2 para que se dedique exclusivamente às mídias sociais. Mas, ao mesmo tempo, é preciso lembrar que você não pode abrir canais sociais, não se dedicar a eles, e esperar que deem resultados maravilhosos de uma hora para outra. Como mencionado acima, é necessário que alguém invista tempo ali.

Solução: Procure identificar dentro de sua equipe membros que entendam e curtam mídias sociais. Escolha aqueles que se interessarão de forma animada por administrar esse novo canal para seu negócio. Se existir mais de uma pessoa com essa aptidão, divida o tempo de trabalho nas redes sociais entre eles, assim sua empresa terá mais tempo de dedicação às mídias e o resultado poderá ser bem melhor.

Em algum momento, você terá de gastar dinheiro com as mídias sociais

Existem milhares de empresas por aí a fora que ao colocarem suas marcas nas redes sociais conseguem milhares e centenas de milhares de fãs com um estalar de dedos. Afinal, marcas conhecidas atraem fãs e elas já gastaram muito para se tornarem conhecidas. Para empresas de pequeno porte, isso quase nunca acontece e até mesmo engajar os clientes atuais é um grande desafio.

As redes sociais apresentam inúmeras formas de divulgação que podem ser utilizadas pelos pequenos empresários. Não é necessário gastar centenas de milhares de reais nesse tipo de publicidade, mas se você quiser dar um impulso ao seu negócio e adquirir novos clientes utilizando as redes sociais, gastar algum dinheiro será necessário.

Solução: Separe um pequeno orçamento, pode ser R$50,00 para iniciar, anuncie e veja o que isso retorna para seu negócio. Também preste atenção aos gráficos e as estatísticas que as redes sociais retornarão sobre o desempenho de seu anúncio. Se com esse valor você começar a ter fãs e clientes novos, você está no rumo certo e poderá a investir mais.

É importante lembrar que, além dos itens citados acima, mídias sociais requerem paciência e dedicação. No começo, quando estamos ansiando por resultados rápidos, pode ser frustrante ver as páginas da empresa com poucos seguidores, e normalmente é isso que vai acontecer. Mas se a dedicação for regular e se as postagens forem constantes, coisas incríveis podem começar a acontecer com o decorrer do tempo – no nosso outro artigo Dados, dados e mais dados: como as mídias sociais têm influenciado os negócios? você pode conferir alguns resultados alcançados por empresas que utilizam mídias sociais.

Para finalizar, informo que é melhor seguir essas dicas do que acreditar que mídias sociais são gratuitas, mas se conselho fosse bom, a gente vendia.

Erica Ariano

 

0

Erica Ariano

Apaixonada por tudo que é futurista e único, sofre de curiosidade latente e desprendimento de convenções. É consultora de marketing, especialista em mídias digitais e palestrante. Sua porção engenheira a faz ser louca por neurociência, por isso estuda o assunto e escreve sobre ele aqui também.

2 comentários sobre “3 razões para entender porque as mídias sociais não são gratuitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *