fbpx

Todas as MENTIRAS sobre branding

Todas as MENTIRAS sobre branding

Chega! Hora de desmentir todos os absurdos relacionados ao branding. Sim, meu amigo, esse negócio de gestão de marcas já trouxe polêmica de mais, vou agora apontar tudo de mentira que falam sobre ele.

Branding é definir posicionamento, valores e tudo mais que der

Mentira! O objetivo do branding não é definir um monte de coisa no final, isso é apenas uma parte de todo um processo. Se você contratou alguém e em 1 semana ele te enviou um arquivo com um monte definição e não fez ao menos um treinamento ou apresentação mais aprofundada, você comprou furada. Branding não é isso, e muito menos consegue-se chegar em algo realmente relevante em tão pouco tempo.

Um trabalho de branding demanda tempo, muito estudo, muita análise e uma imersão sem igual. Depois de coletar muita informação é preciso sentir a alma da empresa, impossível colocar isso no papel e pronto, tudo precisa ser transpirado aos gestores da marca.

Só o branding salva: vamos comunicar, comunicar e comunicar

Mentira! “Pronto, agora eu faço branding, é só esperar o retorno.” Esquece, meu amigo. Branding você constrói no dia-a-dia, na intuição de cada ação. Branding não salva produto ruim, atendimento fraco ou arrogância com seus colaboradores. Isso porque, tudo isso faz parte de um processo, branding é tudo isso e muito mais. Nenhum estudo do mundo irá se sustentar somente pela comunicação, embalagem ou coisa do tipo. Você precisa envolver todos da empresa, ter um produto realmente relevante e aplicar o que foi estudado em cada ponto de contato.

Só sentirei o branding a longo prazo

Mentira! Se o branding orienta e alinha todas as decisões estratégicas da marca, como isso só irá refletir apenas daqui 3 ou 5 anos? No primeiro mês você já deve sentir diferenças, aliás, quando for apresentado o trabalho a você, gestor de uma empresa, logo irá entender que precisa rever seu trabalho nas mídias sociais, o tratamento com seus colaboradores e o script de atendimento. A ideia é você continuar fazendo tudo que faz e claro, planejar muito mais, mas agora com muito mais propósito e sentido. O retorno em vendas? Pode começar logo também, pois aplicando o que foi estudado você poderá engajar muito mais, o que demanda um tempo maior é o valor que sua marca assumirá no mercado e a força da percepção do cliente com sua marca.

Branding é design

Mentira! Se tentarem te vender branding como design,  recuse. Novamente, design faz parte de um todo. Claro, ele é um dos pontos mais importantes do trabalho pois tem o poder de tangibilizar o trabalho, mas ainda sim não pode ser praticado sozinho, sem práticas que reforcem toda a promessa levantada.

O branding CRIA e a empresa segue

Mentira! O branding não cria, define! Não é possível chegar em uma empresa e inventar algo apenas por achar que isso será um diferencial no mercado. O que o branding faz é potencializar tudo que há de positivo e alinhar o pensamento para as ações.

Por isso que o trabalho de branding requer uma investigação profunda, para que assim, o diagnóstico possa estar totalmente coerente a cultura e posição atual da empresa. Se criarmos algo que a empresa não é, ela nunca conseguirá aplicar isso. E mesmo em startups onde ainda não há uma posição bem definida é preciso levar em consideração as ideias e valores dos fundadores.

E então, achou alguma verdade nas mentiras que levantei? Se lembrar de alguma outra, que tal colocar nos comentários?

QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL

0

Paulo Lima

Acredita que somente pessoas são fator de mudança. Fundador e Gestor do Ideia de Marketing, é consultor em marketing e branding.

7 comentários sobre “Todas as MENTIRAS sobre branding

  1. Paulo, numa linguagem simples vc colocou bem, eu diria que branding é complexo pois desenha caminhos pra colocar uma ideia em prática com base em aspectos das ciências humanas, que vão além de economia, consumo e comunicação, onde a marca é o objeto social.

    0

    [Reply]

  2. Tem uma musica legal que reflete muito toda essa coisa mercadológica, é mais ou menos assim… Corrida pra vender cigarro, cigarro pra vender remédio, remédio pra curar a tosse, cuspir, sorrir, jogar pra fora, corrida pra vender os carros, pneu, cerveja e gasolina, cabeça pra usar boné e professar a fé de quem patrocina… E eles querem te vender, eles querem te comprar, querem te matar a sede, eles querem te sedar! Quem são eles, quem eles pensam que sããooo… vender comprar fechar os olhos, jogar a rede, contra a parede… VOCÊS SÃO UM DOS AGENTES QUE FAVORECEM O AUMENTO DA IGNORÂNCIA DO POVO, E SABEM DISSO, MAS DINHEIRO É DINHEIRO NÉ?????

    0

    [Reply]

    Paulo Lima Reply:

    Grande amigo Vinícius, muito obrigado por comentar no Ideia de Marketing! :)

    Na verdade eu não sei não, pode me explicar como que favorecemos o “aumento da ignorância do povo”, fiquei bem curioso.

    Abração e volte sempre!

    1+

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *