fbpx

Medo de falar em público?

Medo de falar em público?

Quem nunca sentiu aquele friozinho na barriga antes de apresentar algo ou até mesmo em uma conversa informal com seu supervisor imediato? São tantos os sintomas que antecedem uma palestra, apresentação de um projeto, bate-papo com a equipe de trabalho, reunião de negócios, entre outros, que fica difícil saber qual se torna mais evidente, mas de fato, sabemos que o nervosismo impera na maioria dos casos.

Seria possível então controlar nossos impulsos? Converter o “medo” em confiança para falar em público?

Recentemente tive uma experiência fantástica em um curso de oratória da Ducovox, na qual me surpreendi com o resultado. Confesso que não acreditava que a mudança seria tão rápida e aquela possível insegurança se transformaria em apenas um ponto do passado, por isso convido vocês para compartilhar um pouco do que aprendi. Para isto, subdividi em três pontos:

1. Você não vive sem se comunicar

Até em silêncio é possível estabelecer uma comunicação, sejam com nossos próprios pensamentos (interagindo com nosso eu), expressões corporais, escrita, etc. Falar bem em público pode ser considerado por muitos um dom, algo que nasce com a pessoa, mas não é bem assim. Podemos desenvolver esta habilidade, basta saber os caminhos corretos para ativá-la de forma eficiente, segue algumas dicas para minimizar o receio de falar para uma ou mais pessoas:

  • Comece se apresentando: Olá, meu nome é… Vou falar sobre…;
  • Conte uma história, isso deixa o clima mais leve e “queima” aquela adrenalina inicial;
  • Olhe em todas as direções;
  • Coloque ENTUSIASMO.

2. Estabeleça rapport

Sabe quando saímos de uma conversa com a sensação de que recebemos total atenção? Que conseguimos estabelecer um bom relacionamento? Isto é rapport, é ter a capacidade de entrar no mundo de alguém e conseguir transmitir efetivamente nossa mensagem, passando confiança para outra parte.

O rapport muitas vezes é tão forte que as pessoas começam a seguir nossos movimentos, espelhando gestos, postura, entre outras ações.

Agora como conseguir isto? Acredito muito no poder dos olhos quando nos comunicamos verbalmente, por isso concentre-se e fixe o olhar, tenha propriedade ao falar, estude muito bem o tema que irá tratar, lembre-se que estamos buscando a confiança. Fora isso, sorria a medida do possível, este é um dos “quebradores de gelo” mais eficazes que temos e não pagamos nada para utilizá-lo.

3. Conheça a si próprio

Não estranhe, deixei este tópico intencionalmente por último, porque tecnicamente ele seria o primeiro, pois se não me conheço bem como irei comunicar aquilo penso ou defendo? A resposta é exatamente uma das possíveis soluções para o medo de falar em público. É comum culparmos fatores externos ou simplesmente dizer que não temos a capacidade da oratória, reflita: enquanto crianças, quando não conseguíamos algo, qual era o recurso ativador que utilizávamos para acionar nossos pais? O choro, algo simples, mas que chamava a atenção necessária.

A capacidade de se comunicar bem é mais simples do que imaginamos, entenda primeiramente seus receios, insegurança, fatores que te inibem e pratique para aperfeiçoá-los. Muitas vezes utilizar de recursos como cursos é um excelente facilitador para ter a técnica necessária, mas a mudança sempre partirá de cada um de nós.

Obrigado se chegou até aqui, sinal que a mensagem que tentei transmitir despertou sua atenção, agradeço pelos minutos dedicados e deixo pra ti um recado: Comunique-se!

QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL

0

Eduardo Silva

Apaixonado pela vida e suas surpresas, adora uma boa conversa. Especialista em Planejamento Comercial, é palestrante em negociação e vendas.

5 comentários sobre “Medo de falar em público?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *