fbpx

Convergência Midiática: o Marketing se reinventando

Convergência Midiática: o Marketing se reinventando

A interação entre as mídias e o papel delas no relacionamento com o seu público é essencial para a fomentação de projetos de comunicação da empresa.

Convergência de mídias – adaptação dos meios de comunicação para a internet”. Já reparou nisso? Como as mídias antes consagradas por suas peculiaridades tão “off-lines”, hoje são encontradas “navegando pela internet”?

O Jornal é assinado também digitalmente, assim como o mesmo meio – jornais e revistas, por exemplo – produz uma quantidade relevante de conteúdos audiovisuais para difundirem pela rede digital. O mesmo é visto com o rádio, que agora recebe boa parte de sua audiência via internet, além de atingirem uma proporção muito maior de alcance territorial.

convergencia-de-midiaSe os impressos podem ser assinados e vistos em um tablet, e as ondas sonoras do rádio podem propagar pelo mar cibernético, a TV agora é digital, é inteligente. A interatividade proporcionada por ela aproxima o telespectador ao conteúdo e, ao mesmo tempo, lhe dá acesso aos assuntos de outras mídias. Ou seja, você liga a sua TV, acessa a internet para visualizar suas redes sociais, e, em outro momento, você prefere ouvir música, uma rádio, ou então, ler a sua revista preferida. Tudo no mesmo lugar, no mesmo meio. E os aparelhos celulares têm essas mesmas funções e várias outras, como aplicativos, câmera digital, players, GPS, tudo o que você possa imaginar inclusive fazer ligações telefônicas – ufa!

Agora, como produzir conteúdo para uma mídia e convergir isto para uma outra? A abordagem comunicacional deve ser adaptada ao meio, e a internet nos proporciona inúmeras maneiras de fazer isto. Cada mídia tem pontos fortes, pontos fracos e possuem as suas necessidades. Este é um – eu diria – bom desafio para o profissional de Marketing. Planejar, estudar, dimensionar as díspares possibilidades de cada meio de comunicação. Não há como se pensar em comunicação sem que esteja dentro do Planejamento Comunicacional a Convergência Midiática. Se, ao mesmo tempo em que se ampliou o leque de utilização de mídias que antes eram limitadas aos seus próprios atributos, a complexidade e o dinamismo das informações tornaram-se maiores com o tempo – e isto não pode ser deixado de lado por nenhuma empresa.

Com isso, o tempo de consumo destas informações diminuiu. A correria do dia a dia leva o consumidor a consumir e buscar informações cada vez mais rápido. Além de todo aquele processo de entendimento e de assimilar os hábitos de consumo dos consumidores, olhando para as mídias, o profissional de comunicação precisa ter encucado e atualizado em mente os hábitos de mídia e a atribuição de cada uma (rádio, TV, jornal, smartphones, etc.) para este consumidor. A interação entre as mídias e o papel delas no relacionamento com o seu público é essencial para a fomentação de projetos de comunicação da empresa. Vemos muitas marcas se reinventando, mudando a identidade visual, criando campanhas novas para outras mídias e novos públicos, ou seja, a mudança faz crescer e ajuda a empresa a manter-se sempre atualizada e atenta às oportunidades que o mercado demanda.

Vale lembrar que, hoje o público-consumidor é altamente participativo e capacitado para produzir e transmitir conteúdo de forma rápida e significativa. Por isso, o comunicador tem no caminho a necessidade de se reinventar, reinventar a sua comunicação por meio desta convergência de mídias que amplia as possibilidades de disseminação de conteúdo, a presença da marca torna-se maior e mais acessível, o que proporciona, também, um relacionamento e um aproveitamento melhor por parte do consumidor. Este consumidor que visualiza e promove conteúdos mais do que nunca.


QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL

Marcos-Holanda

0

Marcos Holanda

Curioso. Inconstante. Inconformado. Seria interessante me conhecer um pouco mais pelos meus textos, eles representam parte de mim. Então, boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *