fbpx

Os valores do Endomarketing como ferramenta de estratégia organizacional – Parte II

Os valores do Endomarketing como ferramenta de estratégia organizacional – Parte II

O endomarketing deve buscar a revitalização da ideia de que as organizações e os indivíduos são interdependentes no alcance de seus objetivos.

Em meu último artigo – Os valores do Endomarketing como ferramenta de estratégia organizacional – Parte I –  falei sobre os valores fundamentais para a boa empregabilidade de um plano de endomarketing como ferramenta de estratégia organizacional, usando como base a obra Endomarketing: educação e cultura para a qualidade, de Wilson Cerqueira. Hoje, darei continuidade apontando alguns outros valores que acredito ser de grande importância para a aparição de resultados efetivos vindos de ações internas.

OLHE OS DOIS LADOS DA MOEDA

Em tudo que fazemos e vivenciamos, há sempre pontos positivos e negativos. É necessário saber analisá-los muito bem, afinal somos eternos experimentadores de nossas ações. O segredo desse item é a ordem em que deve ser feita essa análise, busque em primeiro lugar os pontos positivos e depois os negativos. Em todas as relações de trabalho é necessário identificar primeiramente as coisas positivas, manifestando satisfação com isto e, após disso, olhar para o negativo, buscando orientação e educação para o aprimoramento.

ESFORÇO + INICIATIVA + CRIATIVIDADE = BONS RESULTADOS

endomarketingPara chegar a bons resultados é necessário que a equipe seja engajada e envolvida com os propósitos do trabalho e da empresa. Diplomas e competência não faz uma equipe produtiva e eficaz. Além disso, a equipe necessita ser e sentir-se valorizada. A valorização do esforço, da iniciativa e da criatividade é a base da obtenção de resultados. Agir sem reconhecer estas qualidades nos colaboradores é afetar negativamente autoestimas e contribuir para resultados fracos e com baixa longevidade.

CONCESSÃO X CONQUISTA

Com ações de endomarketing podemos reforçar esse valor. Assim como na vida fora das empresas, dentro delas funciona da mesma maneira: nada se ganha, tudo se conquista. Se existe o desejo de chegar a algum lugar, ganhar premiações e visibilidade, faça por onde. O paternalismo é coisa do passado e deve ficar por lá. Você pode até pensar que esses são valores que aprendemos em casa, quando nossos pais nos educaram quando criança. Mas o que muitos não compreendem é que a empresa onde trabalhamos funciona como uma segunda casa (ou deveria funcionar) e os líderes podem sim, educar profissionalmente seus companheiros de trabalho para que todos busquem resultados em comum com a mesma visão e comprometimento.

É PROIBIDO PROMETER

Promessas geram expectativas. Quando não são cumpridas favorecem a descrença na relação colaborador x organização. Não vale a pena prometer para gerar motivação momentânea criando riscos maiores da quebra de confiança. Melhor que prometer é fazer. O colaborador é seu cliente, portanto construa com ele caminhos seguros para chegar a resultados pertinentes aos dois. A relação perde-ganha não é favorável em nenhuma situação, principalmente quando seu cliente é o seu parceiro principal na construção do negócio.

Para uma efetiva ação de endomarketing existem grandes desafios. São diversas barreiras que as organizações precisam vencer quando desejam alcançar um futuro dinâmico e participativo no mercado. O endomarketing deve buscar a revitalização da ideia de que as organizações e os indivíduos são interdependentes no alcance de seus objetivos. Desta forma, é primordial incorporar a esta ação, uma noção de comprometimento de todas as partes envolvidas no crescimento organizacional.

Inspirado no livro Endomarketing: educação e cultura para a qualidade – Wilson Cerqueira e no artigo A Criatividade E A Motivação Como Estratégias De Endomarketing Para O Crescimento Organizacional http://bit.ly/iEwiDF

QUERO RECEBER NOVOS ARTIGOS POR E-MAIL

mariana_mel

0

Mariana Melissa

Graduada em Marketing e Gestão de Recursos Humanos, é apaixonada pela arte da escrita e pelas relações pessoais. Já trabalhou com comunicação interna, redação e marketing. Atualmente é Gerente de Projetos na agência Target Mais e está a frente dos projetos internos do Ideia de Marketing atuando como gestora de pessoas e conteúdo. marianamelissa.s@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *