fbpx

House organ: Você está fazendo da maneira correta?

House organ: Você está fazendo da maneira correta?

Além das informações empresariais, pessoas também gostam de saber quem está fazendo aniversário, quem foi premiado, quem casou, e também de receber dicas de assuntos variados do cotidiano…

O house organ é um veículo de comunicação interna e uma das ferramentas mais antigas utilizadas no meio empresarial, a fim de alcançar uma boa comunicação com o público interno. Para quem não o conhece pelo nome, apresento com seu nome mais popular: house organ é o famoso jornal, boletim ou revista interna. Literalmente, a tradução de house organ  é o “órgão da casa” e tem como objetivo traçar uma comunicação eficiente entre o topo e a base da pirâmide organizacional.

Em uma empresa ou em qualquer tipo de relação interpessoal, a comunicação, seja ela boa ou ruim, é quem dita o rumo da prosa, é ela quem conduz o andamento e guia o caminho para o resultado final. O fato é que, nem sempre a comunicação é feita da maneira que deveria, com as informações devidas e nem pelas pessoas que dizem respeito a tal informação. É aí que a famosa frase “foi apenas uma falha de comunicação” aparece podendo causar grandes danos.

…existem três componentes básicos para que a comunicação interna funcione realmente de forma eficaz, são eles: a poesia, bom humor e respeito ao colaborador.

Ao contrário de que muitos pensam o veículo de comunicação interna não necessita (e não deve!) ser um material maçante e tedioso, o profissional responsável pela produção de conteúdo do house organ deve atentar-se com quem está se comunicando, da mesma forma que essa atenção é tomada quando direcionamos nossa comunicação com o público externo. Se for necessário, a mesma edição do house organ pode ser adaptada para diferentes públicos internos, quero dizer que, a linguagem e a forma de exposição e diagramação não precisa ser a mesma para diferentes setores, sempre seguindo o padrão de aceitação, interpretação e entendimento de cada público.

E que tipo de conteúdo pode ser produzido e inserido em um house organ?

A maioria das empresas tem receio em expor informações técnicas e situacionais, principalmente quando não são muito positivas. Porém, é de suma importância que o público interno saiba o que está acontecendo com a empresa em que passa boa parte de seus dias e deposita e investe suas energias diárias. Além das informações empresariais, pessoas também gostam de saber quem está fazendo aniversário, quem foi premiado, quem casou, e também de receber dicas de assuntos variados do cotidiano, como por exemplo, dicas de saúde, dicas de consumo consciente, charges e até mesmo receitas culinárias. Independente do formato do house organ adotado pela sua empresa, seja ele impresso, online via intranet ou email, existem três componentes básicos para que a comunicação interna funcione realmente de forma eficaz, são eles: a poesia, bom humor e respeito ao colaborador. Sem esses três componentes a comunicação interna não terá condições de atingir a mente e o coração do funcionário.

house organ

Infelizmente, os  house organs não recebem a devida atenção na estratégia de marketing das companhias, seguindo pelo fato de que os conceitos de endomarketing ainda não foram totalmente assimilados pelas organizações no Brasil, desconsiderado que a comunicação interna é um fator determinante do sucesso na implementação de qualquer plano estratégico.

Se sua empresa possui um house organ, ele deve fazer parte de uma comunicação integrada e estratégica levando sempre em consideração os objetivos e planos da organização. A comunicação entre empregadores e colaboradores deve ser cada vez mais clara e direta, mas sabemos que nem sempre é possível comunicar-se pessoalmente com cada funcionário. Por isso, existem ferramentas como essa que expusemos no artigo de hoje que facilitam a ação da transmissão de informações, possibilitam até mesmo a organização da memória empresarial e mais importante, relembra que todos trabalham em um único time e estão sempre  em busca dos mesmo resultados.

0

Mariana Melissa

Graduada em Marketing e Gestão de Recursos Humanos, é apaixonada pela arte da escrita e pelas relações pessoais. Já trabalhou com comunicação interna, redação e marketing. Atualmente é Gerente de Projetos na agência Target Mais e está a frente dos projetos internos do Ideia de Marketing atuando como gestora de pessoas e conteúdo. marianamelissa.s@gmail.com

5 comentários sobre “House organ: Você está fazendo da maneira correta?

  1. Muito bom texto. De onde foi extraído esse conceito de poesia, bom humor e respeito ao colaborador?

    Cada público merece um conteúdo adequado a sua compreensão. Em uma rede de franquias, por exemplo. Os boletins dos colaboradores são diferentes daqueles feitos aos franqueados. Mas ambos são imprescindíveis para manter o padrão que o franchising pressupõe. Vivo isso no dia a dia e ver conceitos com os quais convivo diariamente é muito positivo.

    0

    [Reply]

    Mariana Melissa Reply:

    Olá Rochelle! Esse conceito extraí do livro “Um olhar sobre o marketing interno” da Analisa Brum. Particularmente, como viu no artigo, gosto muito e adotei esse conceito. A poesia encanta, o bom humor nos relaciona de uma maneira mais leve e o respeito é imprescindível para qualquer relação humana.
    Concordo sobre a comunicação feita por franquias como você citou, até escrevi um texto sobre a comunicação interna entre franquias e franqueadores. Se quiser dar uma olhada e compartilhar suas vivencias conosco, será muito rico :) http://www.ideiademarketing.com.br/2012/12/18/comunicacao-interna-entre-franqueados-e-franqueadoras/

    Grande abraço!

    0

    [Reply]

  2. Quando a comunicação é dentro de órgãos do Judiciário, por exemplo, teria alguma dica em especial para a comunicação interna? Sabe-se que uma boa comunicação interna (endomarketing) pode prevenir crises internas e até com a opinião pública. Forte abraço!

    0

    [Reply]

  3. Oi Mariana,
    Realmente seu texto é muito bom. Gostei muito da imagem da poesia, bom humor e respeito. Isso vale pra tudo nos dias de hoje.
    Estou desenvolvendo um House organ na empresa que trabalho e gostaria de saber se vc tem alguma sugestão especial. Trata-se de uma construtora, com aproximadamente 25 colaboradores, na sua maioria de área técnica.

    Obrigado

    0

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *