fbpx

O Líder da Equipe Produtiva – Liderança I

O Líder da Equipe Produtiva – Liderança I

 A interpretação da diversidade individual que compõe um determinado grupo é de suma importância para se identificar o tipo, forma e os meios de comunicação que venham a promover o entendimento entre líder e liderados ou vice-versa.

Há quem diga que seu gerente comanda o empreendimento há décadas, por isso conhece tudo sobre a empresa, produtos, serviços e seguimento de atuação. E que “o difícil mesmo é criar e manter uma equipe, já que jovens não tem comprometimento e os mais experientes são cheios de manias”, palavras recentes de uma empresária atuante no mercado de moda, há 35 anos.

Certamente, trata-se de um caso isolado, mas que comumente se repete no meio empresarial. O elevado foco em resultados leva empresários, e demais líderes, a negligenciarem o fator humano, ponto de primeira importância aos resultados organizacionais.

Outro tema que merece atenção especial é a visão de que a experiência profissional e o conhecimento do setor de atuação são suficientes à gestão e liderança de empreendimentos e pessoas. Ainda que de grande importância sem lideranças devidamente preparadas, dificilmente a organização produzirá os resultados esperados.

Mudanças frequentes e aceleradas no mundo dos negócios inviabilizam antigos modelos de gestão baseados em previsões de médio e longo prazo.   As transformações sociais dos últimos anos levaram a novos perfis de consumidores e colaboradores, mais aprendizes e detentores de informações. Diante disso, surgiu à necessidade de um novo modelo de liderança, capaz de perceber e oferecer suporte ao recente contexto de liderados.

Rotulagem de profissionais como desqualificados, incompetentes, desprovidos de inteligência ou descomprometidos ainda é uma situação comum entre os líderes organizacionais, diante de pessoas que não aprendem ou se adaptam a aos ambientes com a mesma facilidade ou velocidade dos demais.

Empresas perdem tempo, dinheiro e acima de tudo “pessoas”, isso porque não conseguem identificar e desenvolver seus colaboradores em prol dos propósitos organizacionais. O foco acentuado em números e a falta de capacitação dos líderes leva à perda de profissionais potenciais que tendem a trazer maiores prejuízos quando são descobertos e bem geridos pela concorrência.

O ser humano perante um objeto não apenas o vê, mas principalmente o percebe de uma forma única e particular, o que depende de seu estado psicológico e das significações que compreendem suas experiências no decorrer de sua vida.

O mesmo acontece quando se trata de pessoas, mas a atenção deve estar voltada também à forma como se é percebido. O Líder da Equipe produtiva procura compreender cada membro em sua individualidade e está sempre atento à forma como é percebido pelos mesmos, individualmente.

Na organização, a percepção, os papéis de cada um e as possíveis distorções são elementos importantes no estabelecimento das relações e da comunicação, os quais exercem forte influência no desempenho geral da empresa.

 A interpretação da diversidade individual que compõe um determinado grupo é de suma importância para se identificar o tipo, forma e os meios de comunicação que venham a promover o entendimento entre líder e liderados ou vice-versa.

Tal como um mesmo sabor de sorvete não atende a todos os gostos, pode-se dizer que as formas de alfabetizar uma criança, comunicar ou treinar pessoas também devem diferir de indivíduo para indivíduo. Somos todos diferentes, logo a estratégia aplicada ao desenvolvimento de uma pessoa precisa ser adaptada se for direcionada a outra, para que se possa alcançar bons resultados.

Na próxima semana vamos dar continuidade ao tema e falaremos de percepção e comunicação organizacional, fatores essenciais à desenvoltura das lideranças e à construção e gestão de relacionamentos.

Desta forma, gostaria de convidá-lo (a) a fazer um pequeno exercício. Observe as três figuras abaixo e deixe seu comentário mencionando que imagem você percebe em cada uma delas.  Abraços e até o próximo post!

Fonte da imagem: http://bit.ly/H38gEw

0

Zelia Oliveira

15 comentários sobre “O Líder da Equipe Produtiva – Liderança I

  1. Bom, realmente conhecer o ser humano, lidar com cada tipo de personalidade é uma tarefa muito difícil e requer muita habilidade e “jogo de cintura” aos líderes de equipe. Gostei muito do assunto, sou uma jovem estudante, tive muita dificuldade para conseguir meu primeiro estágio porque não tinha experiência e isso é uma realidade no nosso país, que muitas vezes leva as empresas a perderem profissionais comprometidos, por escolhas erradas de seus líderes e também pela rotulagem e padrão existentes na sociedade. Jovens e idosos sofrem para se inserir no mercado de trabalho. Na primeira imagem, observo 2 imagens, a de 2 pessoas de perfil próximas e a outra uma espécie de jarro. Na Segunda imagem, tentei ver outra coisa, mas só consegui ver uma mulher. E por fim, a terceira, não identifiquei uma coisa concreta. Talvez um homem com um nariz bem grande, mas não tive conclusão nenhuma! Parabéns Zélia Oliveira, o artigo tem uma linguagem simples e objetiva, muito bem elaborado e um assunto interessante.

    0

    [Reply]

    Zélia Oliveira Reply:

    Bom dia, Laís! Obrigada por compartilhar conosco sua visão e experiências! Muitas pessoas acreditam que o desenvolvimento como líder é algo voltado para gerentes, executivos, diretores… Tanto a capacitação empreendera quanto a liderança são fatores essenciais à evolução na área em que se atua. Quem pretende “fazer a diferença” no mercado de trabalho deve estar atento a isso. Quanto mais cedo começar, melhor! Muito obrigada por interagir conosco e nos contar sobre a sua “percepção”! Na próxima semana vamos continuar a série Liderança, falando de percepção e comunicação social! Muito obrigada por dispor de seu tempo e interagir conosco. Foi de grande contribuição! Espero você nos próximos posts! Um abraço, excelente feriado!

    0

    [Reply]

    Zélia Oliveira Reply:

    Laís, desculpe a falha, “percepção e comunicação organizacional”, não social*! Abraços!

    0

    [Reply]

  2. Muito bom Zélia, gostei muito, realmente perde-se muito nas empresas que não valorizam os seus proficionais . Achei ótimo você abordar esse assunto.Acho que os líderes de hoje, precisam ter essa consciência , de que as pessoas são diferentes .Na primeira imagem: rostos de 2 pessoas e uma taça; na segunda imagem: uma mulher com chapéu com uma pena, e um casaco de pele,e um leão comendo a mulher pela cabeça.Na terceira imagem:um homen tocando saxofone, e um rosto de uma mulher.

    0

    [Reply]

    Zélia Oliveira Reply:

    Olá, que prazer imenso tê-la conosco novamente, Irenilde! Muito obrigada por continuar conosco e por compartilhar sua opinião. Que ótimo que nos contou sua “percepção”! Na próxima semana vamos continuar a série Liderança, falando sobre “percepção e comunicação organizacional”! Muito obrigada por dispor de seu tempo e interagir conosco. Foi de grande contribuição! Espero você nos próximos posts! Um abraço, excelente feriado!

    0

    [Reply]

  3. Agradeço-lhe, Prezada, permitir que eu “entre no seu mundo”…
    Artigo ótimo. Vou pincelar um pouco e elaborarei um texto sucinto.
    Quanto as imagens, o que parece ser uma âmfora, também podem ser vistos 2 rostos, de perfil; a imagem do centro mostra uma mulher jovem de perfil, usando uma estola de pele e uma espécie de chapéu, com uma pena no alto e também, pode-se ver uma mulher bem mais velha, de nariz enorme, como o queixo. A terceira imagem mostra um rosto branco de mulher, além da figura preta.
    Acertei? VI, mesmo, além das aparências???
    Beijo, carinho.
    Maggy de Matos

    0

    [Reply]

    Zélia Oliveira Reply:

    Olá Maggy, eu quem agradeço! O prazer é todo nosso em tê-la “participando e agregando ao nosso mundo”. Que bom que gostou! Fico feliz que tenha sido útil para você. Muito obrigada pela participação e por interagir contando-nos sua percepção! Aqui o importante é o que “você percebe”, apenas isso! Você foi maravilhosa, não se preocupe! No próximo post vamos continuar o tema Liderança, focando “percepção e comunicação organizacional”! Espero que continue acompanhando e nos dê o prazer de sua companhia! Obrigada pela atenção e carinho! Beijos, excelente feriado!

    0

    [Reply]

  4. Obrigado por mais um belo texto! Bastante agregador também para nós que atuamos como líderes. Este espaço e esta interação estão sendo de grande valia com conteúdos e opiniões de valor. Detalhes que fazem muita diferença nos resultados e que temos dificuldade de enxergar quando estamos envolvidos no processo. Excelente tema. Na primeira imagem eu vejo um castiçal e duas pessoas face a face. A segunda me parece uma jovem e talvez uma águia. A terceira, um homem caminhando, dando um passo e com a mão na boca. Eu imagino que tenha um motivo para a enquete e espero não ter passado muito longe. Para não influenciar, preferi não ler os comentários antes de escrever. Interessante e curioso. Vamos aplicar junto à equipe! Só estamos esperando os próximos! Parabéns!

    0

    [Reply]

    Zélia Oliveira Reply:

    Olá meu querido, obrigada por continuar conosco! Que ótimo que gostou do texto e da proposta de disseminar e compartilhar conhecimentos! E sim, você está certo. É mais difícil enxergar quando se está envolvido, por isso o convite à discussão, a “pensar fora da caixa” e nos ajudarmos a fazer melhor o que fazemos! Isso mesmo, “sem colas”, rsrsrs… a resposta certa, aqui neste contexto, é a sua percepção! Então o importante é que nos conte o que percebe e não o que o outro percebeu. E você se saiu muito bem! Obrigada pela grande contribuição que nos proporcionou. Fico muito feliz que nosso trabalho tenha aplicabilidade no seu dai-a-dia! O próximo já já estará disponível para vocês! Vamos continuar o tema com foco em “percepção e comunicação organizacional”! Muito obrigada! Grande abraço e excelente feriado!

    0

    [Reply]

  5. Hello Harsh! Than great than you liked! Thank you very much for participate! You’re very welcome! English… hmm… It isn’t possible yet, but… Who knows this happen soon?! But it isn’t a promisse, ok?! Excelent holiday to you! Sucess!

    0

    [Reply]

  6. Cara Zelia, acabo de ver que eu fiz tudo ao contrário. Li o último texto e tem uma sequência. Eu li primeiro o artigo n 3 e depois de ler esse estou começando a pensar que o problema pode estar em mim e não nas pessoas. Por um lado eu compreendi melhor mas sobre o meu problema na empreasa estou muito tensa e se for possível responder eu perguntei no último texto. Muito obrigada, desde já. Eu achei realmente tudo muito interessante e diferente dos treinamentos da empresa. Agregou muito para mim.

    0

    [Reply]

    Zélia Oliveira Reply:

    Que ótimo poder contar com sua participação aqui também! Fico feliz que tenha lido todos e espero realmente que tenha sido útil a você. Também não se culpe tanto, tente apenas agir com mais leveza. Tenha cuidado para não passar os medos e ansiedade para o grupo. Isso tudo faz parte do processo e logo, logo você vai tirar de letra tudo isso. É perceptível o seu interesse e empenho em buscar melhorias e aprendizado. Isso é essencial e você está de parabéns! Que bom que gostou da abordagem! Sobre sua pergunta, está respondida! Havendo dúvidas, estou à disposição. Abraços!

    0

    [Reply]

  7. Ok, obrigada Flavia! Embora o objetivo, neste contexto, seja apenas identificar as diferentes percepções de cada pessoa, sim você também acertou. Todas as imagens apresentam mais de uma figura. Abraços!

    0

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *