fbpx

Coworking: como pagar menos por mais

Coworking: como pagar menos por mais

A atividade de coworking ficou famosa pela associação com trabalho colaborativo e liberdade.  Entretanto, pouco se fala de uma das maiores vantagens deste modelo de trabalho que é a redução nos custos.

Para começar, imaginemos como é caro para um profissional individual montar um escritório. Ele precisa arcar com custos da compra de materiais básicos, além de ter de contratar prestadoras de serviço de telefonia e banda larga. Tudo isso muito antes de poder começar a fazer o trabalho que ele tanto quer.

Enquanto o preço de um computador com um processador razoável não sai por menos de R$1200,00*, impressoras podem ser bem mais baratas, em média  R$300,00*. A mobília também não deixa por menos, só as cadeiras podem custar até R$500,00* cada, já uma boa mesa para os computadores e reuniões possui um valor médio de R$300,00*.

Em média um empreendedor solitário pode gastar até aproximadamente R$ 3.000*,00 apenas para montar o seu escritório. Essa quantia é o equivalente a 5 meses de aluguel de um espaço de coworking pela empresa nexcoworking em seu plano mais caro. Dependendo do formato de coworking utilizado alguns custos podem ser praticamente eliminados pelo empreendedor que terá um lugar decente e  atraente  para receber seus clientes.

Outra vantagem para os empreendedores que consideram a alternativa do coworking é a redução com custos de manutenção de escritório. O aluguel de uma boa sala (Usando Salvador na Bahia como exemplo), está atualmente em torno de R$600,00*, sem ar condicionado, cozinha montada ou decoração. Outros custos que precisam ser levados em consideração na hora de montar um escritório são as contas: energia elétrica, Internet, IPTU, condomínio  e até água podem ser bem caros em algumas localidades. Somando todas estas taxas de manutenção, o custo médio pode chegar a  R$1000,00*.

Para o empreendedor individual, o coworking pode permitir o uso de estruturas de trabalho cujos custos seriam enormes no sistema de trabalho convencional.  Para vocês terem uma  ideia existem  empresas especializadas que oferecem salas inteiras, refrigeradas e decoradas para os que desejam mais privacidade por R$600,00* mensais. É possível ainda alugar por algumas horas um espaço de trabalho, o preço pode chegar a menos de R$ 10,00* a hora.

O coworking pode ser uma ótima saída para quem quer ter um escritório  charmoso, mas não pode pagar valores elevados por isso.

Mas, além disso, é a troca de experiências um dos maiores benefícios que o coworking pode proporcionar aos seus adeptos. Quando colocamos em um mesmo lugar profissionais de diferentes áreas, acabamos criando um universo criativo e dinâmico, no qual as experiências de cada são somadas e acabam exercendo uma influência positiva no trabalho de todos. O simples fato de estar trabalhando no mesmo ambiente que outras pessoas igualmente dedicadas já é um fator facilitador para resoluções de problemas e estimulo a concentração e criatividade.

*os valores mudam de acordo com sua região

Texto de Fábio Santos e Cícero Sena, escritores do nuvendigital.com, para o blog Ideia de Marketing.

0

Paulo Lima

Acredita que somente pessoas são fator de mudança. Fundador e Gestor do Ideia de Marketing, é consultor em marketing e branding.

9 comentários sobre “Coworking: como pagar menos por mais

  1. Olá pessoal!

    Tenho um espaço na Av. Paulista, se alguém se interessar em conhecer melhor o conceito acesse meu site: http://www.link2u.com.br

    0

    [Reply]

    Fabio Santos Reply:

    Ola Ricardo, Vi so seu site e gostei muito da proposta da sua empresa. estamos para criar um novo espaço de coworking em salvador e seria ótimo podermos trocar algumas ideias e até ver a possibilidade de parcerias. Agradeço ao Paulo pela oportunidade de escrever para o blog dele. Tudo de bom para todos.

    0

    [Reply]

  2. Realmente, ja pensei nisto tempos atrás iniciei um negócio que por falta de verba finalizei se eu fisesse part
    e de um grupo assim com certeza meu negócio teria continuidade a coletividade é necessária em todas as facetas da vida.

    0

    [Reply]

  3. Oi pessoal, adorei a matéria, bom saber que o coworking esta se tornando cada vez mais popular, eu costumava trabalhar em casa mais percebi que logo começaram a aparecer alguns problemas com a infraestrutura, disciplina e a separação do que é vida pessoal e do que é trabalho, resolvi então buscar alternativas, fui pesquisar alguns escritórios para alugar, logo me dei conta que não compensava naquele momento fazer tal investimento, foi então que um amigo comentou comigo sobre o conceito de coworking, adorei a idéia e faz um ano que utilizo os escritórios compartilhados e indico pra vocês a empresa que utilizo: http://www.clubwork.com.br

    0

    [Reply]

  4. Bacana a matéria! Coworking vai dominar o mercado, todas as coisas oferecidas por escritórios compartilhados são mega vantagens pra qualquer pessoa que queira empreender! Pro profissional que busca um lugar assim, indico meu escritório escritoriovirtual-saopaulo.com vale muito a pena conhecer!

    0

    [Reply]

  5. Excelente artigo. Sou sócio de um espaço de Coworking chamado Space Coworking e concordo totalmente com os pontos positivos do autor.

    Realmente, a troca com outras pessoas que são complementares à você e a infraestrutura pronta para usar faz a diferença para o empreendedor.

    É uma outra energia e vontade para trabalhar já que o ambiente é muito criativo, aconchegante e principalmente, produtivo.

    Convido o autor e os leitores à conhecerem nosso espaço. O Space Coworking fica no Rio de Janeiro, em botafogo e o nosso site é http://www.spacecoworking.com.

    Pergunta:
    Ví que você usa WordPress. Você já experimentou usar um app para Mac chamado Blogo? No blog do nosso coworking usamos ele. Dá para gerenciar vários blogs ao mesmo tempo, editar imagens direto sem photoshop e o principal: responder os comentários sem ter que abrir o browser. Dá uma olhada em http://www.getblogo.com. Fica a dica!

    0

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *