fbpx

O que você sabe sobre o Progresso Compartilhado?

O que você sabe sobre o Progresso Compartilhado?

Imaginem um mundo em que as pessoas confiem umas nas outras a ponto de alugar seus carros para um completo estranho. Pensem como seria não ter que comprar uma furadeira para fazer um único furo na parede. Observem o que várias empresas vêm fazendo em relação a trabalhos pontuais a serem realizados por pessoas sem nenhum vínculo empregatício. Esse mundo ultrapassou a fronteira do “improvável” e hoje começa a constituir uma nova realidade de convivência e trocas entre pessoas.

“O Progresso Compartilhado é uma filosofia, um modo de pensar ações e atitudes que temos em nosso dia-a-dia” afirma Thaysa Azevedo, publicitária que estuda e ministra palestras sobre o tema e é dona da Fan Page “Progresso Compartilhado” no Facebook.

Esse novo “life style” promete envolver as pessoas e seus cotidianos profissionais e pessoais de modo a garantir que elas abandonem o “individualismo” e passem a valorizar um crescer e aprender compartilhado. As empresas devem ativar o Progresso Compartilhado como uma chavinha de “on” e “off” e a partir daí devem atuar em seus mercados reconhecendo a importância de cada público estratégico. “Nesse movimento as empresas deverão entender que o fornecedor vira parceiro, que o consumidor vira colaborador” diz Thaysa.

Plataformas de criação colaborativa abrem espaço para o Progresso Compartilhado enquanto propagam a ideia de proporcionar aos colaboradores espaços para sugestões e criação o que beneficia todas as partes envolvidas em um trabalho ou mesmo as partes que serão afetadas indiretamente por ações de empresas ou de grupos sociais.

Crowdsourcing, crowdfunding, crowdlearning, Economia Criativa, Valor Compartilhado, Capitalismo Consciente, são exemplos reais de como o Progresso Compartilhado atua pensando em um todo muito maior do que pequenas ações individualizadas.

Parece utópico que uma pessoa permita que seu carro seja utilizado por um desconhecido para que ao invés de mantê-lo na garagem, ela possa gerar facilidade e lucro sobre um produto que estaria parado (sem contar nos benefícios que as cidades teriam ao serem ocupadas por menos automóveis).

Mais do que uma mudança na estrutura “consumo” e “posse” da sociedade capitalista, o Progresso Compartilhado propõe uma nova lógica de relação de respeito e confiança entre cidadãos.

Inspirado na palestra “O Progresso Compartilhado na Comunicação” ministrada na Escola de Comunicações e Artes – USP por Thaysa Azevedo.

0

Giovana Cury

7 comentários sobre “O que você sabe sobre o Progresso Compartilhado?

  1. Maravilhoso, Giovana! Parabéns pelo texto e pela iniciativa de propor soluções criativas para este nosso mundo tão caótico. Eu tenho certeza de que as pessoas estão descontentes com o sistema atual de mercado, trabalho e modos de vidas. E que se essas mesmas pessoas tiverem uma única oportunidade de viverem conforme valores humanizados, éticos, de respeito a si mesmo e ao próximo, vão querer fazer parte disto!

    Você já deve ter lido um livro muito inspirador, de Rachel Botsman e Ho Rogers “O que é meu é seu: Como o consumo colaborativo vai mudar o nosso mundo”.

    http://www.rachelbotsman.com/
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-209461984-o-que-e-meu-e-seu-rachel-botsman-roo-rogers-bookman-_JM

    Grande abraço, aguardo os próximos textos,

    Tereza Kikuchi

    0

    [Reply]

  2. E quando o ser humano vai abrir mão do “eu” e começar a pensar em “nós”? Como o texto diz, parece utópico, mas é algo possível…De ser conquistado! Tudo isso vem sendo pregado mesmo antes do nascimento de Jesus e ele mesmo deu continuidade á essa pregação, porém o que vemos nos dias de hoje são pessoas cada vez mais preocupadas em comprar seus belos automóveis, casas e em terem seus destacados e bem remunerados empregos, do que pensadores que possam “mudar” o mundo! Quantas vezes, hoje nós pensamos no próximo? É uma boa pergunta para nos fazermos todos os dias!

    0

    [Reply]

  3. Tereza e Alves, muito obrigada pelos elogios. Concordo completamente quando a Tereza diz que precisamos de uma “respiro” em meio a tanto caos. A idéia nao é necessariamente nova como bem disse o Alves mas de qualquer forma acho muito valido que paremos pra repensar nossas vidas num momento em que temos um apoio social e mercadologico para que isso ocorra!

    0

    [Reply]

  4. Progresso Compartilhado é a expressão criada pela idealizadora da rede DoLadodeCá, a jornalista e articuladora cultural Tatiana Ivanovici.
    O DoLadodeCá conecta profissionais de diversas áreas como designers, empreendedores comunitários, produtores, webdesigners, programadores, graffiteiros, músicos, artistas, poetas, redatores e planejadores, para ações de comunicação popular. Realiza ações de geração de renda e comunicação integrada em comunidades de todo o Brasil.
    Para obter maiores informações sobre o Progresso Compartilhado na prática, acesse o site http://www.doladodeca.com.br
    A Thaysa Azevedo é colaboradora do DoLadodeCá e conheceu o termo na rede.

    0

    [Reply]

    Thaysa Azevedo Reply:

    Isso ai! :)

    0

    [Reply]

  5. Sim, a Thaysa citou por várias vezes o Do Lado de Cá na palestra que ministrou na ECA-USP. Me coloco como admiradora de vocês e adoraria que as pessoas pudessem conhecê-los mais a fundo e admirá-los também. Parabéns pelo trabalho e obrigada pela participação e inspiração em termos de ideias!

    0

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *