fbpx

Privacidade na Internet

Privacidade na Internet

Não consegui resistir, li uma notícia preocupante, e precisei escrever para pensar, desabafar, compartilhar e também para ouvir a opinião e as ideias do maior número de pessoas possível.

Deixo aqui o link da notícia: O maior espião do mundo

A relação entre as empresas de serviços na Internet e os seus usuários ou consumidores é semelhante às relações sociais que existem no mundo físico. A base está na CONFIANÇA que existe ou não entre ambas as partes.

Uma vez perdida a confiança, perde-se o crédito!

Oras, se não podemos confiar nos carteiros on-line (Facebook, Gmail, Twitter etc.), o que fazer?

Está na hora de nós, usuários da Internet, reivindicarmos nossos direitos à privacidade e à liberdade; E pensarmos em formas de criar sites SEM FINS LUCRATIVOS, que prezem pelo bem PÚBLICO, pela livre circulação de IDEIAS e do CONHECIMENTO e pela PRIVACIDADE dos usuários nos serviços de correspondência! Qual a ideia?

Montarmos ONGs ou COLETIVOS Virtuais para desenvolvimento de Software Livre e de sites de relacionamento na Internet que:

  • PREZEM pela PRIVACIDADE dos usuários;
  • que AJUDEM os mais diferentes profissionais a se encontrarem, trocarem ideias e sonhos, e a construírem de forma COLABORATIVA uma nova sociedade — uma sociedade JUSTA;
  • que INCENTIVEM o compartilhamento GRATUITO e LIVRE da produção cultural e das ideias; e
  • que tenha como premissa básica a TRANSPARÊNCIA dos dados e a LEALDADE ao cidadão comum e aos princípios DEMOCRÁTICOS.

Por que ONGs ou COOPERATIVAS virtuais e não uma empresa?

Porque se trata de muito poder para ficar nas mãos de um pequeno grupo de pessoas, empresas ou governos gananciosos e equivocados. Os meios para que o ser humano possa se comunicar não podem estar sob o domínio de poucos. A beleza da Internet está na descentralização e na capacidade de dar voz e criar uma grande aldeia global, que não pode ser podada se alguém não gostar do que está sendo compartilhado, discutido e pensado.

Como podemos fazer isso?

Desenvolvendo tecnologia e sites livres! Colaboração e cooperação! É preciso pensar no bem-estar público se quisermos o nosso próprio bem-estar!

A Internet é de todos. É um espaço que oferece liberdade de expressão para os cidadãos comuns se manifestarem sobre o que quiserem, sem medo de represarias, nem vigilância. Espaço para os cidadãos comuns compartilharem suas ideias para todo o público da Internet ou só para um destinatário específico, sem que ninguém mais tenha acesso a esta mensagem específica!

É um crime violar a correspondência alheia, é também um CRIME violar, vender e monitorar as mensagens e os dados pessoais dos cidadãos. Seja aqui no Facebook, no Google ou em qualquer outro site de serviços de correspondência.

Se você também não gosta de governos e empresas vasculhando suas cartas e documentos, divulguem este post e ajudem a criar um mundo melhor, um mundo em que a Cooperação, a Generosidade e o Respeito ao próximo sejam os valores fundamentais.

ATENÇÃO:

Conheçam organizações que já vem lutando para garantir uma INTERNET LIVRE:

http://publicintelligence.net/about/

http://europe-v-facebook.org/

https://www.eff.org/about

http://thepiratebay.org

http://www.collateralmurder.com/

E fica uma dica de leitura fundamental para estes tempos de Big Brother:

Michel Foucault. Vigiar e Punir.

0

Tereza Kikuchi

Empresária e designer. Em 2004 montou a empresa de produção editorial, Estúdio Bogari, juntamente com Marcelo Cordeiro. Neste mesmo ano, publica, como organizadora, a obra "José Mindlin, Editor" pela Edusp. Formada em Editoração pela ECA-USP, em 2011 foi selecionada para participar do Curso de Formación para Editores Latinoamericanos, pela Fundación Carolina e Universidad Complutense de Madrid, Espanha. Acredita que é possível construir uma indústria criativa justa e eficiente, por meio da liberdade de expressão, da livre e gratuita circulação do saber e da colaboração entre os diversos profissionais da área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *