fbpx

Do sonho ao mercado de trabalho

Do sonho ao mercado de trabalho

O mercado de comunicação no Brasil ainda não é valorizado como deve. Jornalistas, Publicitários, Designers, Marketeiros… enfim, a maioria deles começa a faculdade com muita empolgação, mas sua maioria, também, percebe aos poucos que o mercado de trabalho não é fácil e que terá dificuldades para ingressar uma boa carreira.

Mesmo com o crescimento do setor da economia criativa, ainda vivemos em comunidades que passam por um processo de reeducação da comunicação, digamos assim, conseguindo a passos de tartaruga entender melhor a importância dos comunicólogos para os negócios. E se isso já acontece em grandes metrópoles, imagine em pequenas cidades.

Além de tudo isso, percebemos que a faculdade está bem longe da vida real, frustrando estagiários que anseiam em por em prática tudo que é aprendido na sala de aula, mas que dificilmente conseguem exercer ao entrar em uma empresa.

Entretanto, pequena ações podem ajudar o universitário a estar próximo desta “vida real”, adquirindo conhecimento e bagagem para crescer (claro, aos poucos, a não ser que você seja um Mark Zuckerberg). Eis então algumas dicas para que isso aconteça:

  • Use bem as redes sociais: se você acha que elas são apenas mais uma forma de convívio social, enforque-se. O twitter, principalmente, é um rico meio de informação que pode te ajudar a ganhar conhecimento e até um bom emprego. Você já parou para pensar se você segue perfis que realmente são importantes? Acompanhe pessoas que já estão na área, normalmente elas compartilham bom conteúdo que te fazem pensar fora da caixa (isso mesmo, aquela expressão que é clichê mas que ainda é importante), além disso, há dezenas de perfis que divulgam empregos, ótimos empregos por sinal. Você já tentou em todos eles?
  • Vá em todos os eventos possíveis: é lá que você realmente entende como o mercado está agindo, quais são as tendências e assuntos importantes. A faculdade é muito importante, mas acredito que estes eventos são quase tão importantes quanto ela, pois além de tudo, o networking te abre portas para conhecer pessoas que já carregam uma bagagem legal. Apenas uma dica, não seja inconveniente e lembre-se que ninguém está ali para te dar emprego.
  • Tenha um blog ou algo do tipo: isto te faz estar a todo momento a procura de conteúdo. Não tenha medo de fazer algo errado ou escrever um texto não tão bom. Ouvir críticas também é muito importante, e com isso, você vai entendendo se está no caminho certo ou não.
  • Tenha ideias: sejam boas ou ruins, loucas ou não. Exercite sua mente com ideias de novos negócios, ONGs ou o que seja. É importante você sempre pensar em deixar a sua marca, e ter ideias é a melhor forma de fazer isso. Com certeza, noventa e nove por cento não serão ideias boas ou você não conseguirá executá-las. Mas se praticar isso a vida toda, uma hora chega no um por cento.
  • E por fim, NUNCA DEIXE DE ACREDITAR EM SUA PROFISSÃO: não será nada fácil. Mas se você se frustrar e desistir logo cedo, nunca saberá como seria se tivesse tentado. As profissões ligadas a comunicação, quando exercidas com responsabilidade, podem trazer excelentes frutos para a sociedade que está carente de bons conteúdos, seja no jornalismos, marketing, publicidade,… nós temos a tarefa de tentar mudar algo, e reclamar não é uma boa opção.

Enfim, eu não sou nenhum guru do assunto, mas espero ter ajudado alguém. Quem quiser compartilhar mais alguns conhecimentos, fique a vontade. :)

 

0

Paulo Lima

Acredita que somente pessoas são fator de mudança. Fundador e Gestor do Ideia de Marketing, é consultor em marketing e branding.

2 comentários sobre “Do sonho ao mercado de trabalho

  1. Boa tarde, Michel!

    Obrigado, fico feliz que tenha gostado.

    Vou preparar um texto com este tema para tentar postar até semana que vem, no máximo.

    Grande abraço,
    Paulo.

    0

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *