E se meu ofício se tornar rotina do meu dia a dia? Mas, será que se isso acontecer eu não estarei me privando e deixando de lado as coisas que, por costume e tradição, deveriam ser priorizadas em determinados momentos? Digo isso, veja bem, porque essa situação pode estar acontecendo comigo e não quero parecer...