O que a educação precisa é de uma velha e boa gambiarra. Não a gambiarra do tipo remendo temporário, mas a gambiarra que emana criatividade e engenhosidade, a gambiarra do remix, do redirecionamento, do pensamento divergente e da visão de futuro. O que a educação precisa é abraçar a engenhosidade e nunca mais largar. Todos...