Este é um assunto que não tem fim. A hora que você menos espera, aparece alguém reclamando dos “sobrinhos” ou de outros profissionais que cobram “preço de banana” para a realização de seus serviços e apontando-os como responsáveis pela prostituição do mercado. Sim, normalmente é este termo que utilizam. A primeira vista este parece um...