Author Archive
Desabafo sobre o tempo, segundo ele próprio

Desabafo sobre o tempo, segundo ele próprio

Eu não pedi para nascer, ou existir. Nem sequer fazia ideia de que sempre estive aqui, desde o início, não havia alguém que pudesse me definir, porém já existia a noção implícita de minha presença. Mesmo que não se ensine nas escolas primárias como eu funciono (tem gente que se acha expert nisso), é natural...
Vamos conversar sobre suas atitudes na internet

Vamos conversar sobre suas atitudes na internet

Até onde o seu discurso digital faz alguma diferença no mundo real? Esse discurso sai da tela para às ruas? Basta abrir o navegador e clicar em alguns links para logo encontrar algum assunto relacionado a um determinado tipo de movimento social. É algo que faz parte da evolução humana e, ao contrário do que...
Neuromarketing em redação publicitária (parte 2): de Aristóteles às associações do subconsciente do nosso cérebro   

Neuromarketing em redação publicitária (parte 2): de Aristóteles às associações do subconsciente do nosso cérebro  

No último artigo (Neuromarketing em redação publicitária: os ‘inimigos a seu favor e os sentidos a seu dispor), tratamos de duas ferramentas importantes na hora de produzir textos para campanhas publicitárias e, agora, cito mais algumas tendo como base o livro “Neuromarketing aplicado à redação publicitária”, de Lilian S. Gonçalves. O uso do discurso deliberativo...
Neuromarketing em Redação Publicitária: os ‘inimigos’ a seu favor e os sentidos a seu dispor

Neuromarketing em Redação Publicitária: os ‘inimigos’ a seu favor e os sentidos a seu dispor

Neuromarketing é um tema que vem sendo bastante dissertado nos últimos anos. Eu mesmo já discorri uma parcela a respeito aqui, e a minha parceira do Ideia, Erica Ariano, nos elucida ainda mais detalhadamente em seus artigos acerca do assunto – sempre muito bem colocados. Agora, tendo como base o livro “Neuromarketing aplicado à redação...
Sobre a produtividade que não veio

Sobre a produtividade que não veio

A dita cuja deixou de dar as caras justamente naquele momento em que mais precisei dela. E não só eu, evidentemente, a empresa também sentiu pela sua ausência. O que fazer nesses momentos em que parece que não produzimos? O que fazer nesses momentos em que aprece que não fizemos a lição de casa direito,...
O dia em que eu cabulei a rotina

O dia em que eu cabulei a rotina

Não vou mentir e dizer que resolvi cabular a rotina em uma hora e, na outra, já me encontrava fora dela. Não foi tão simples e nem de maneira súbita, no susto, que tomei tal decisão.  Mas o dia que deixei a rotina de lado foi um dia em que senti que havia mais do...
Voltar-se a si mesmo é expandir-se para o mundo

Voltar-se a si mesmo é expandir-se para o mundo

Quantas vezes nessa vida nós teremos de enfrentar momentos de confusões internas em nós mesmos? Pode ser uma forte insatisfação com os rumos inertes no meio profissional, este que desencadeia correntes de improdutividade, criatividade estéril e renúncia à autoconfiança. Afinal, por onde anda o sentido disso tudo? O sentido está andando pelas entranhas do subconsciente,...
Normose Criativa: como o vício em ser normal pode matar sua criatividade

Normose Criativa: como o vício em ser normal pode matar sua criatividade

O conceito de normose, segundo Pierre Weil, um dos responsáveis pelo estudo do assunto, nada mais é do que um conjunto de hábitos, crenças e valores considerados normais e que, na realidade, são patogênicos e letais, e suas consequências podem ser a infelicidade, assim como levar à perda de sentido da vida e à morte....
Sobre conteúdos efêmeros da internet

Sobre conteúdos efêmeros da internet

Será que é possível produzir conteúdo de modo a ser algo atemporal? Ou será coisa para genialidades excepcionais? Existe um tipo de processo no qual é trabalhado esse conteúdo para que sirva além do que sua função básica? Para ser algo mais robusto, atribuído de mais relevância e não só um surto fugaz e efêmero ...
Quando meu trabalho se torna rotina

Quando meu trabalho se torna rotina

E se meu ofício se tornar rotina do meu dia a dia? Mas, será que se isso acontecer eu não estarei me privando e deixando de lado as coisas que, por costume e tradição, deveriam ser priorizadas em determinados momentos? Digo isso, veja bem, porque essa situação pode estar acontecendo comigo e não quero parecer...
Criatividade: moeda de troca de enorme valor

Criatividade: moeda de troca de enorme valor

Máquinas pensantes. É o que nos tornamos – talvez mais máquinas do que pensantes – e isso poderá se agravar mais para frente. Muitos de nós se mantém no modo automático, vivendo conforme lhe informaram que se deve viver, ‘amando’ conforme lhe parece mais adequado amar, criando laços conforme as redes da internet lhe acomodam....
Comunicação em preto e branco: a publicidade que não evoluiu com o tempo

Comunicação em preto e branco: a publicidade que não evoluiu com o tempo

Pleno século XXI e ainda encontramos, pelos mais diversos meios de comunicação, publicidades com mensagens explícita e implicitamente preconceituosas, machistas, sexistas, e assim por diante. Já foi o tempo em que se engolia goela a baixo esse tipo de comunicação, sem ter o poder e a força para reclamar contra os modelos impostos ardilosamente pela...