Author Archive
Faça caminhadas diárias e seja ainda mais criativo!

Faça caminhadas diárias e seja ainda mais criativo!

Stanford explica A dica de hoje é ~quase fitness~, já que tanto se fala neste estilo de vida. Mas calma, não vou pedir para você se matricular em uma academia. Só se você quiser. Deixe lhe perguntar: como anda sua criatividade ultimamente? Leia a pergunta novamente, ela tem duplo sentido mesmo. Quero saber, literalmente, como...
Vença as distrações e tenha um trabalho mais autêntico

Vença as distrações e tenha um trabalho mais autêntico

Muitas vezes, questionamos, aflitos, o que deveríamos fazer com nossas carreiras por causa de uma peculiaridade dolorosa de nossa mente: ela nos diz, com especial clareza, o que não gosta de fazer (mesmo se o trabalho for bem pago e tiver prestígio social), mas tende a ficar teimosamente confusa quanto ao que a satisfaria. Temos...
Você não precisa fazer presença online para ser alguém

Você não precisa fazer presença online para ser alguém

É importante simplificar. O simples, neste espírito tendencioso do Tempo (pesquise sobre o Zeitgeist), tornou-se luxo. Porque a percepção de realidade está mudando. As prioridades. O que vende e nada mais. A maneira como eu estou lhe assistindo e como você está me assistindo – só que com a conotação mercadológica, sempre, infelizmente, porque não...
Evernote e a organização da inspiração

Evernote e a organização da inspiração

Eu sei, soa como um texto propaganda, mas a gente tem que recomendar coisas que somam nossa vida, não é? Tenho conversado contigo sobre o Tempo e nossas prioridades – essa coisa de não cuidarmos do que é essencial, que nos enrola cada vez mais em outras coisas. Organização é tudo. Limpar para clarear. Minha...
Como vencer nosso maior inimigo contemporâneo?

Como vencer nosso maior inimigo contemporâneo?

O Tempo. Ele mostra-se de tantas formas. Por tantas perspectivas. E talvez, não seja contemporâneo, afinal, ele sempre esteve presente. Sempre foi. É. Mas o coloquei nesta categoria – se é que posso designa-lo de algum jeito – pois diante as (desculpas) correrias em nossas (prioridades) rotinas, esquecemos de olha-lo. Senti-lo. E vive-lo. Pois é,...
Ensaio sobre Confiança

Ensaio sobre Confiança

Não se vê muita gente confiante. Mas, corajosa. Há uma diferença. Desbravar o mundo das ideias, em uma exploração interna e externa é desafiador e caracteriza, talvez, o passo inicial da coragem. Só que, quando se chega no destino, a adrenalina transborda e ofusca a confiança. O que – novamente: talvez – diferencia uma vida...
Por que (nós) os clientes (fazemos) fazem tanto mimimi?

Por que (nós) os clientes (fazemos) fazem tanto mimimi?

Dias atrás vi no Twitter (melhor site para essas coisas), uma arroba verificada/famosa criticando um comentário e recomendação de um cliente a respeito de certo restaurante, através de um print (coisas da hipermodernidade). Nas mentions, todos o apoiando, dizendo que o cliente fez muito “mimimi” e por aí vai. Fui o do contra. Apoiei o...
(Quase) Tudo que você precisa saber para publicar seu 1° livro digital

(Quase) Tudo que você precisa saber para publicar seu 1° livro digital

ALERTA TEXTÃO. Tenha um tempinho para ler. A auto publicação ganhou maior expansão neste Tempo. Sob influências da hipermodernidade, os autores redescobriram maneiras de contar – e divulgar – histórias. Em 2014 escrevi um breve roteiro, com doze passos para a construção de um e-book. De lá pra cá, diante as observações e pesquisas comportamentais,...
Não faça tudo o que o Marketing de Conteúdo diz para fazer

Não faça tudo o que o Marketing de Conteúdo diz para fazer

Um desabafo despretensioso disfarçado de uma publicação no LinkedIn fez-me refletir mais a respeito dos modos que produzimos – principalmente textos. Peço que encare este texto de forma empática. O título chamou-lhe atenção? Então meu objetivo SEO foi alcançado: você clicou no link, gerou visualização, contribuiu nas métricas (e a lista pode continuar). Bom, infelizmente...
A dinâmica de rupturas socioculturais das marcas

A dinâmica de rupturas socioculturais das marcas

Quando a gente passa por rupturas, é gerado uma cadeia de mudanças – unas grandes, outras nem tanto. Mas em todas elas, construído gerações de visões diferenciadas. Os movimentos da vida fazem isso: nos dão novas perspectivas. São as pessoas. As pessoas rompem. Geram. Criam. Se movimentam. Mudam. E diante estes verbos, as marcas correm...
Como ter didática no ambiente de trabalho?

Como ter didática no ambiente de trabalho?

Historicamente é muito comum ouvir nos meios educacionais e empresariais, sobretudo entre alunos e funcionários, falas como: “Aquele professor não tem didática…”; “Ele tem conhecimento, mas não sabe comunicar…”. Frases como estas revelam a importância na formação do instrutor nas formas de práticas de interação do saber. Dentro do ambiente de trabalho, o líder, gestor...
Carta ao CEO - A reflexão como profissão

Carta ao CEO – A reflexão como profissão

“Ao CEO, Expresso, em minha liberdade, uma preocupação intelectual. Hoje, ouvi comentários que feriram minha consciência. ‘Olha, você até pode saber a teoria, mas eu sei na prática, e isso é muito mais relevante.’ O mesmo indivíduo me instruiu a PRIORIZAR – e faço a expressão em caps lock como fez com sua voz –...