Faça todos os dias, refaça se for preciso, tenha foco na ação e não no resultado apenas, aprenda a apreciar o caminho! O psicólogo  Mihaly Csikszentmihalyi com a intenção de buscar a compreensão acerca  do estado pleno de satisfação e motivação intrínseca  do indivíduo, desenvolveu a teoria do estado de fluxo ou de FLOW. Esta foi divulgada ainda na década de 70 e teve contribuição substancial na psicologia positiva, hoje voltada para o bem-estar e a felicidade do ser humano.

Para compreendermos melhor a teoria do estado de flow reflita comigo:

Você precisa pensar para andar da sala para o quarto, do quarto para a cozinha? Geralmente esses movimentos que já estamos habituados a realizar com constância fazemos com maestria e sem gastar tanta energia. Isso ocorre pois, nosso cérebro por meio do esforço repetitivo já desenvolveu as melhores formas de agir nesse tipo de situação.

A boa notícia é que realmente existem formas de programação dos nossos pensamentos para que possamos realizar tudo neste estado, o chamado estado de flow. Agora, já imaginou que maravilha construirmos processos mentais para trabalharmos com essa mesma postura e ainda desenvolvermos formas de sentir prazer nas ocasiões que antes eram tratadas com mal estar, má vontade e preguiça?

O trabalho, a segunda-feira, e até mesmo os exercícios físicos, são para muitos de nós um sacrifício. Geralmente focamos tanto em terminar para ter a sensação de dever cumprido que, no final o resultado nem nos traz o prazer esperado. Isso ocorre pois os nossos valores de vida estão invertidos. A vida acontece o tempo todo, por isso, precisamos estar dispostos a recomeçar sempre, buscar aprender coisas novas constantemente, observar as transformações que passamos e perceber a grandeza das nossas ações.

A gente vive enquanto trabalha, não apenas trabalha para depois viver!

Por isso, estabeleça objetivos de curto, médio e longo prazo para sua vida, tenha um plano de ação claro e bem definido para que consiga executar um pouco a cada dia, com a certeza de que  seu cotidiano esta permeado por situações que contemplam seus valores. Pense sobre o que te faz feliz, quem está envolvido nesse processo e o que deixou de fazer para alcançar esse estado.

Em uma escala de 0  á 10, como suas atividades diárias estão alinhadas com o seu propósito de vida?

O grande desafio está em cultivar o autoconhecimento, fugir da autossabotagem, descobrir algo novo todo dia, observe-se com atenção e cuidado, quando aprendemos a cuidar melhor da gente passamos a ser melhor para todos que estão a nossa volta!

banner clique
The following two tabs change content below.

Tercia Duarte

Graduada em Hotelaria, especialista em Marketing e em Letramento Informacional é Professora Universitária nos Cursos de Publicidade, Administração, Hotelaria &Turismo. Possui um Blog de publicação semanal da Revista Ludovica sobre comportamento na era digital. Mãe do Fernando desde 2009.