O Rapport pode ser traduzido como a construção de relacionamentos baseados na empatia, composto por três elementos comportamentais: atenção, positividade e coordenação mútuas. O Rapport considera opiniões e respeita pontos de vista e valores, criando sinergia e receptividade entre os envolvidos.

O Rapport é uma ferramenta estratégica e funciona muito bem como facilitadora em processo de negociação, através do respeito e da confiança mútua ao se demonstrar respeito pela opinião do outro. Há de se tomar cuidado para não usar o Rapport para manipular, o que pode causar uma reação negativa ao receptor ao perceber que essa é a intenção. O objetivo aqui é aprender a ouvir e harmonizar valores.

As técnicas de Rapport

Espelhamento: essa é uma técnica que usa a linguagem corporal do interlocutor, como a postura, os gestos, expressões faciais e respiração, por exemplo. No entanto, é preciso ter cuidado ao imitar esses elementos corporais do outro, fazendo o espelhamento gradual para que o interlocutor não se sinta alvo de deboche.

Reciprocidade: nesta técnica é usada a prática de presentear ou fazer favores ao interlocutor sem pedir algo em troca.

Interesses em comum: nesta técnica é estabelecido um sentido de camaradagem, confiança e colaboração em torno de um objetivo em comum.

O Rapport na gestão de pessoas

O Rapport pode ser uma ferramenta de PNL muito útil para o gestor se conectar à sua equipe. Como estamos falando da criação de relacionamentos estabelecidos com base na confiança e no respeito, o gestor estabelece um vínculo através da compreensão das necessidades de sua equipe. Assim, o líder pode identificar o modo de agir de sua equipe, observar e oferecer o suporte necessário para alcançar resultados e desenvolvimento profissional.

É preciso entender as necessidades do outro para guiá-lo pela jornada até o engajamento. Observar o que motiva a sua equipe é fundamental, afinal as pessoas possuem necessidades e anseios diferentes, mesmo atuando na mesma função.

A motivação pode acontecer por gratificação, por identificação, pelo reconhecimento ou por objetivo comum. Ter conhecimento deste tipo de motivação pode fazer muita diferença na ativação de campanhas que estimulem o posicionamento estratégico e ao protagonismo.

  • O protagonismo aumenta o comprometimento,
  • Buscar melhorias em processos, produtos e serviços,
  • Tornar-se promotores espontâneos da marca,
  • Proporcionar uma experiência melhor para o cliente através de prazos, qualidade e atendimento.

Para mudar é preciso atualizar o mindset, mas para estimular essa mudança em alguém é preciso criar relacionamentos verdadeiros.

E você? Como anda o seu Rapport com a equipe?

banner clique
The following two tabs change content below.

Marcelo Oliveira

Jornalista e entusiasta da Gestão do Conhecimento e Inovação, com uma passagem de 17 anos pela EMBRAER, onde atuei na edição de Publicações Técnicas e como focal point de inovação. Estruturei e estive a frente de um programa voltado a conectar pessoas, ajustar processos, melhorar a comunicação e aplicar uma gestão colaborativa e inovadora de equipes, ajudando a desenvolver o potencial humano, através do engajamento e da capacitação. Em paralelo, como freelancer, produzi textos para a revista Villaggio Panamby e para o site infoescola.com. Fundei a Inovadoramente Consultoria para oferecer serviços em gestão de equipes e comunicação. Também sou conteudista no Ideia de Marketing e na Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento, além de professor de Pós-Graduação na ESPM, dentro do Centro de Inovação e Criatividade.