Desde que fundei meu negócio, em 2009, observo de outro jeito a Universidade e os estudantes, a partir de um olhar mais prático, de quem está no mercado de marketing, branding e comunicação, no mundo das agências, campanhas e consultorias, e observa o anseio de jovens estudantes em ingressar nesse mundo. Afinal, continuo sendo um.

Mais que observar, é possível constatar na prática a gama de estudantes, formandos e formados que estão no mercado, vorazes por conseguir um espaço, normalmente, obtido pela minoria.

É exatamente nessa fase (de estudante) que temos a oportunidade de adquirir experiências e habilidades, com mais facilidade – pois estamos em um ambiente de aprendizado latente – que nos preparam para lutar por uma posição no concorrido mercado. Porém, vejo que muitos estudantes esperam na faculdade algo próximo de uma tutoria personalizada, quando, mais do que fazer “papel de babá”, ela dá subterfúgios e condições para que o aluno se desenvolva.

E é aí que a zona de conforto aparece, pois a maior parte do alunado se fecha na vida de estudante, na grade curricular, e deixa de sair da caixa e ter postura diferenciada.

Por isso, selecionei 5 coisas que pratiquei ao longo da minha formação e que podem ajudar qualquer estudante a se desenvolver para encontrar caminhos performáticos e produtivos no mercado de trabalho.

1 – Descobrir e explorar

É um estado de espírito. A curiosidade e a voracidade em aprender garantem a nossa pré-disposição em absorver conteúdo e conhecimento distinto, mas que veio por meio de uma exploração. Isso nos treina à curiosidade, que gera minuciosidade e olhar carinhoso com nosso modo de pensar as coisas e olhar o mundo. E essa é uma característica fundamental de qualquer profissional da área. O poder do questionamento e a capacidade de fazer as perguntas corretas, consistentes e coerentes são práticas fundamentais para o estudante que quer gerar sentimento de solidez e confiança.

Produzir

Como já falei aqui no portal, estar sem emprego não significa estar sem trabalho para qualquer estudante da área de comunicação, publicidade, marketing, jornalismo e afins. Todo profissional dessa área deve viver em constante aprendizado e atualização. Mais do que isso. Tem a capacidade de ser um produtor do próprio trabalho para expô-lo e, com isso, ganhar a visibilidade ou notoriedade necessárias para conquistar os próprios objetivos. Todo comunicador é um gerador de comunicação, e a tecnologia tem sido a melhor aliada das pessoas em busca de espaço. Basta saber usar!

Ler

Fonte inesgotável de conhecimento e ferramenta poderosa que auxilia na oratória e repertório cultural. Infelizmente, pouquíssimas pessoas têm esse hábito e fica cada vez mais evidente que o maior perdedor é o mercado e esses estudantes. O mercado de trabalho exige comunicador capacitado e pronto para trocar de igual para igual com qualquer perfil, de qualquer segmento. Portanto, quanto mais preparada nossa mente estiver, melhores serão as nossas atitudes.

Aprender habilidades

A busca por conhecimentos em áreas ampliadas ajuda a tornar o futuro profissional mais completo e, portanto, com mais capacidade de colocação ou de ocupar espaços. E a faculdade, mesmo que de forma mínima, disponibiliza infraestrutura e ferramentas, que também podem ser encontradas na internet. Ao passo que o perfil dos profissionais tem mudado, é imprescindível que acumulemos habilidades que podem potencializar nossa atuação, nos tornando multimidiáticos e multifacetados. Está aí um diferencial!

Buscar referências

Inspirar-se em pessoas, personalidades e profissionais que deram certo (e que não deram também) é sempre interessante. As histórias de vida, de superação e conquista daqueles que nos fazem refletir e nos emocionar podem contribuir com o nosso aprendizado. E nada melhor que aprender com a experiência e vivência dos que já passaram por aquilo que podemos enfrentar para nos prepararmos ainda mais.

banner clique
The following two tabs change content below.

Isaac Zetune

Isaac Ramiris Zetune é jornalista, pós-graduado em marketing político e especializado em branded content. É sócio-diretor da Agência Insane e fundador da plataforma EMPREENDA.SE. (isaac@sejainsane.com.br)