Esses dias recebi um e-mail do Murilo Gun dizendo que todos nós deveríamos aprender Marketing na escola. Ele tem toda a razão em afirmar isso. Afinal, se Marketing é uma ciência construída com o objetivo de entender para atender bem o seu cliente e todos os públicos impactados pelo seu produto ou serviço, então, Marketing deveria estar presente em todas as áreas. Além disso, há outros motivos pelos quais estudar Marketing poderá abrir mais portas e fazer uma grande diferença na sua vida.

Marketing é do bem

Antes de falar mais sobre os impactos que estudar Marketing pode gerar na sua vida, gostaria de esclarecer algo importante: Marketing é do bem. Falo isso porque, nos últimos tempos, me deparei com muitas notícias utilizando o termo “Marqueteiro” como algo ruim. Um bom exemplo é o caso do Doria, prefeito de São Paulo, que tem feito diversas ações que chamam a atenção da imprensa e, por isso, é visto por muitos como apenas um articulador de ações estratégicas para a sua imagem. Não estou trazendo esse tema para discutir a eficácia dessas ações, tampouco para levantar uma discussão política, mas sim para chamar a atenção de que, como em qualquer ação que você tomar na vida, nem sempre você agradará a todos. Além disso, Marketing é uma ciência como qualquer outra, que, se utilizada de maneira ética, torna a vida de muitas pessoas para melhor.

Criar um posicionamento é olhar para dentro

De acordo com Kotler, o guru do Marketing mundial, criar um posicionamento de mercado é “a ação de projetar o produto e a imagem da organização, com o fim de ocupar uma posição diferenciada na escolha de seu público-alvo”. Portanto, seja qual for a sua profissão, tenho certeza que você deseja ocupar uma posição diferenciada entre as demais empresas ou pessoas à sua volta. Mas também sabemos que criar um posicionamento não é uma tarefa fácil, por isso, temos uma ciência para nos ajudar. De forma geral, para entendermos qual posicionamento queremos adotar, é preciso olhar para dentro. Pois nada adiantaria tentar representar uma imagem que não condiz com o que você realmente é.

“Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, desperta.” Carl Jung

A partir do momento que você define o seu posicionamento, sua forma de se comunicar e de se apresentar às pessoas, há grandes chances de você atrair apenas aqueles que você se propôs a alcançar. Portanto, se você deseja se posicionar, comece com as seguintes perguntas:

  • Por que o meu produto é importante para as pessoas?
  • Quais os benefícios que ele proporciona?
  • Quais vantagens ele apresenta em comparação à concorrência?
  • Qual público eu desejo atrair?
  • Analisando as respostas do item 1, 2 e 3, faz sentido querer alcançar esse público?
  • Converse com seu futuro cliente e pergunte: O que minha marca representa para você?

É importante lembrar que, na maioria das vezes, a forma como você vê o seu produto ou serviço não é a mesma como seus clientes atuais enxergam e também é diferente de como o seu futuro cliente vê.

Atraia naturalmente quem você deseja

Devido aos incontáveis exemplos ruins de empresas que utilizam os conceitos de Marketing de forma distorcida, acabamos indignados com as estratégias inconvenientes aplicadas. E não estou falando apenas de pequenas empresas. Infelizmente, grandes marcas também já falharam em adotar ações eficientes e acabaram sendo abominadas por muitos. Exemplos clássicos desse tipo de abordagem têm ocorrido principalmente com marcas de telefonia, internet e bancos.

Por estes e outros motivos, a maioria dos profissionais, seja da área da saúde, exatas ou humanas, prefere “não fazer Marketing, para não ser uma pessoa inconveniente com seus clientes”. Assim, acreditam que fazendo um bom trabalho, o marketing boca a boca seja o suficiente para a sua sobrevivência. E não estão errados! Quem faz um trabalho de qualidade e ético, já está colocando em prática alguns conceitos de Marketing e tem uma grande chance de sobreviver no mercado. Porém, ao mesmo tempo, enquanto você tem um ótimo produto/serviço e não se posiciona, outras pessoas com produtos/serviços medianos se destacam muito mais do que você.

Então, pergunte-se: você quer ser apenas um sobrevivente ou fazer a diferença?

Se a resposta for “fazer a diferença”, você precisa começar hoje a estudar Marketing e começar a colocar em prática! Existem diversas formas de atrair naturalmente o seu público-alvo sem precisar ser uma marca inconveniente. Você pode começar pelo seu posicionamento e seguir em frente com ações estratégicas e planejadas com foco no melhor para o seu cliente. A construção de um bom posicionamento resultará na valorização da sua marca e, por conseguinte, a atração das pessoas que você deseja.

“Posicionamento é mostrar para o seu público-alvo qual é a diferença entre você e os seus competidores.” Philip Kotler

banner clique
The following two tabs change content below.
Especialista em gestão de marketing com mais de 10 anos de experiência. Formada na área de Comunicação e com MBA em Marketing, experiência em Startups e em projetos de marketing internacionais, envolvendo países como Estados Unidos, México e Portugal.