Quando o mercado não está favorável, todo gestor começa a adotar uma postura mais defensiva. A retenção nas contas é uma das primeiras medidas adotadas para tentar driblar a situação.  Porém, o erro da maioria das empresas é, justamente, dispensar colaboradores e setores que são essenciais para a recolocação da organização.

A área de marketing é, na maioria das vezes, a mais afetada nesse cenário.  Mas, por que será que isso ocorre? Apesar de estarmos na era da informação, muitas empresas ainda veem o marketing e a comunicação de uma forma geral, como uma simples área de apoio, que gera despesas e poucos resultados. Isso ocorre por diversos motivos. Muitos  empresários, entram no mercado, sem ter ao certo uma visão clara de administração. Assim, confundem funções, áreas e tarefas. O que pode ser observado, é que alguns gestores não compreendem bem como funciona o marketing nas empresas e a importância dele para gerar resultados.

Quando se trata de marketing  estamos dialogando também, com outras áreas da empresa, como a área de vendas e finanças.  De fato, não se pode investir em comunicação e esperar resultados tangíveis, se essas outras áreas não funcionarem em conjunto. Planejamento é palavra de ordem! O planejamento financeiro, sem dúvida, vai definir os passos de uma organização. A partir dele, é possível estipular metas, aumentar o volume de vendas e  investir em um marketing focado, de qualidade.

Philip Kotler já dizia, “a organização de marketing terá de redefinir seu papel: em vez de administrar as interações com os clientes, deverá integrar todos os processos de interface com os clientes”.  Como pode ser notada, a comunicação perpassa por todos os setores. São eles que em conjunto irão ajudar a traçar estratégias de marketing eficazes.  Por isso, diante da crise, invista sim, nesse setor.  Não o deixe de lado, nem em segundo plano! Lembre-se que o monitoramento e o cultivo do público deve ser algo constante. Se você deixar de investir nisso por um período, poderá está perdendo sua audiência.

Confira abaixo, algumas ações simples que podem interferir nas suas ações de marketing e driblar os problemas em tempos de crise!

Tenha um planejamento financeiro: é essencial para empresa ter uma planilha de gastos especificando cada valor que é investido em eventos, setores, produtos, colaboradores etc. Não saia aceitando todas as propostas que aparecerem, nem investindo em tudo. Dessa forma é possível fazer uma gestão mais inteligente!

Crie ações de marketing de acordo com a sua realidade: a partir do momento que você tem em mãos a situação econômica da empresa, é possível pensar estrategicamente ações que podem aumentar o número de leads.

Invista da retenção: se você possui clientes antigos, invista neles. Treine sua equipe para que ela faça o melhor atendimento possível. Mais uma vez, em conjunto com a equipe de marketing, crie ações internas que irão ajudar nessa retenção.

Escolha a capacitação: conhecimento nunca é demais. Estude modelos de gestão, mas não os copie. Procure adequá-los conforme a realidade da sua empresa. Afinal, cada caso é um caso.

banner clique
The following two tabs change content below.

Raiza Halfeld

Mineira de Juiz de Fora, movida a desafios. Gosta de aprender coisas novas e trocar experiências, pois enxerga a educação como um processo contínuo. É graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela UFJF, e atualmente cursa MBA em Marketing pela UNOPAR.