Na semana passada estive na F8 – Facebook Developer Conference, em San Jose na California. A 10ª edição trouxe bastante novidade e mexeu com a cabeça de muita gente, mostrando mais uma vez como o Facebook tem se reinventando ano a ano para não deixar de ser relevante.

O foco dessa edição foi Realidade Virtual e Aumentada, o fortalecimento do Messenger como plataforma, Inteligência Artificial e a apresentação do Building 8, uma interface que se conecta direto ao cérebro.

Uma curiosidade interessante: Assim que Zuckerberg subiu ao palco, as ações do Snapchat caíram US$0,20.

Realidade Virtual + Realidade Aumentada

Um mind blowing total aqui. Para os próximos 10 anos, ficou bem claro que boa parte dos esforços vão estar aqui. Os Highlights ficaram por conta do lançamento do Facebook Spaces (um second life turbinado) e o foco em transformar qualquer câmera na ponte que conecta a realidade virtual com a aumentada. Além disso, tiveram algumas cutucadas no Snapchat. Sobrou até pro Spectacles (óculos do Snapchat).

“Um óculos deve fazer muito mais que apenas tirar foto e gravar vídeos de 10s”.

Realidade Aumentada

Como fazer o mundo real ir para o digital e vice e versa? Zuckerberg falou bastante sobre essas interações, levantando 3 pilares:

Information: O poder de usar a realidade aumentada pra ajudar: como por exemplo: setinhas direcionando para algum lugar que você está indo e informações de produtos.

Digital Objects: Itens virtuais que interagem com os reais, como por exemplo, Pokemon Go.

Enhancements:  Engajar, seja filtros (como os do snap.. cof cof cof) ou até transformar sua casa em um castelo de Hogwarts.

IMG_2966

– Realidade Virtual e o Facebook Spaces

A ideia do Facebook Spaces é levar as conexões a interações em um “outro mundo”. Cada pessoa cria seu avatar (que já tem sugestão baseado nas suas fotos, mas você pode editar) e pode até interagir e fazer ligações pelo messenger do “mundo virtual” com o mundo real (Isso é louco né?). Como? Você pode fazer uma video conferencia do spaces, pra alguém da vida real.

01-facebook-spaces-still-shot (1)

O Messenger agora terá uma Tab para você descobrir bots. Mas, eles vão passar por uma curadoria que levará em conta vários fatores, como a taxa de resposta.

Os bots também agora vão poder interagir nos grupos (ainda com algumas restrições), e apesar de ser apenas webview no primeiro momento, parece que vamos ver bastante evolução nisso nos próximos meses.

Você conhece o M? O Bot do Facebook ou o “assistente pessoal” como foi anunciado há algum tempo, foi citado em alguns momentos. Também parece que vem mais novidades em breve.

E aqui vão alguns números interessantes do Messenger:

1.2 BILHÕES de pessoas utilizam o Messenger mensalmente;

100.000 bots já criados;

100.000 developers

1-lfnV1DlnqufCZDqUQzG81A

Building 8

Um time de 60 engenheiros estão trabalhando numa interface que conecta cérebro e computador para “ler” seus pensamentos e escrever, sem precisar de implantes. A ideia principal, de acordo com a Head da divisão do Building 8, Regina Dugan, é que as pessoas no futuro possam digitar 100 palavras por minuto, 5x mais rápido do que digitar no teclado do seu smartphone, apenas com a mente.

18035680_10103029887592773_1046779034_n

Outras novidades, mais próximas da realidade 😃

– International Research: Gaining Cultural Context for Scalable Solutions

Expandir seu produto para países diferentes e não tão familiares é bem desafiador, e nessa keynote foi apresentado o processo de pesquisas em outros países. O exemplo usado foi o da implementação do Boleto como meio de pagamento dos Ads no Brasil, que obteve um aumento de 9% nas vendas após a implementação.

– Let’s Chat About Bots

Teve brasileiro participando de painel pra falar sobre bots. Veja aqui o case do Chatclub, na palestra

– Building for a billion people: Behind the Scenes with Facebook’s Product Engineers:

E uma das mais legais: 2 engenheiras do Facebook explicando como o newsfeed é construído e alguns detalhes de como as coisas são exibidas nele, baseado em horário que você acessa e até na sua conexão.

Como disse Mark, “The future is so delicious!”

banner clique
The following two tabs change content below.

Arthur Castro

Respira Mobile e inovação. Sempre conectado com algum iGadget, é exemplo vivo dessa geração "alguma letra". Além de escrever aqui e em outros blogs, é palestrante e passa os dias criando apps.