Não faz muito tempo, escrevi um artigo falando sobre como construir sua marca no Instagram. Falei basicamente sobre como começar, como se organizar via planilha e avaliar as informações que a rede fornece sobre o seu público etc.

Feito isso, você já tem uma ideia para dar início a sua estratégia no Instagram, organizando seus horários de posts, criando seus textos, escolhendo suas imagens etc. Hoje vou falar um pouco sobre como conseguir engajamento nessa fantástica rede que ainda não teve seu alcance totalmente consumido por seus donos, permitindo assim uma boa porcentagem de entrega orgânica.

Alcance orgânico é o oposto do alcance pago – ou seja, sem pagar nada ao Instagram ainda é possível ter algum resultado, diferente do Facebook, onde se vê por aí muitas páginas com milhares de seguidores, porém um número muito baixo de alcance, likes e comentários por post.

Criando relevância para o seu público

Para que as pessoas comecem a seguir o seu perfil, ele precisa ser atrativo. Certo? E para saber o que ele gosta de verdade, é preciso pesquisar e observar. Observar a concorrência, comportamento do seu público na rede, quais # usam, onde costumam ir, sobre o que falam, para que, dessa forma, você planeje seu conteúdo com base nos resultados dessas observações.

Se você já tiver um grupo pequeno de seguidores ou pessoas que acompanham sua marca, faça uma pesquisa básica com eles, de forma a saber sobre suas necessidades em relação ao seu produto ou serviço, para saber o que esperam de você como marca, entre outras questões. Essa é a hora de estreitar o seu relacionamento com o potencial cliente, afinal, desse tipo de conversa que surgirá a linguagem de comunicação adequada para eles, gerando aproximação, confiança, engajamento, e depois disso, as vendas.

Engajando

Algo que eu sempre faço quando preciso criar público é observar as # que estão em alta no meu segmento. A pesquisa de # (hashtags) geralmente mostra o número de publicações que ela tem, fazendo assim com que você descubra com facilidade sobre o que as pessoas estão falando, e sobre o que estão falando. Se for mais a fundo, vai ainda entender porque esse público usa a # X ou Y. Feito isso, comece a interagir com essas pessoas pelas #. Curta suas publicações, comente (de maneira natural) algum post, se quiser seguir, siga – porém, seguir as pessoas pode ser visto como algo invasivo, e lembre-se que seguir não é garantia que todos te sigam de volta. É preciso paciência para pesquisar e muita dedicação, pois esse processo funciona, mas leva um pouco de tempo.

Hashtags

Esse é um recurso que deve ser usado com cuidado, afinal, existem várias hashtags que tem milhares de seguidores, porém o que precisa ser avaliado é: essa hashtag serve para o público que quero atingir? Evite o uso exagerado de hashtags, elas além de deixarem seu post poluído, pode gerar má impressão de quem começa a interagir com a sua marca. Use apenas as # que cabem no seu segmento, e se possível, crie uma própria, para que as pessoas que usarem sua marca possam usá-la e se sentir parte do universo do seu negócio.

Conteúdo relevante

Certo, você já começou a interagir com o público e vem tendo algum resultado. Porém, sem conteúdo relevante seu público não cresce muito, e se seu perfil não tiver nada de atrativo, as pessoas começarão a deixar de te seguir. Pensando nisso, pesquise e traga imagens bacanas, com o certo cuidado para não exagerar no texto, afinal o Instagram ainda é uma rede social associada às imagens, então, capriche nelas.

Link

Como sabemos, no Instagram, se você não impulsionar (pagar) o anúncio do seu post, ele não abre para colocar link. A única porta para link no Instagram é na bio (perfil), então, se postar algo que te direcione para um link, o indicado é lembrar o usuário no post de acessar o perfil para que ele possa acessar.

No próximo artigo, falarei sobre ferramentas de automação no Instagram, sobre compartilhamento de outros conteúdos, testes e análises para nortear sua estratégia de marketing. Até a próxima!  Ficou com alguma dúvida? Não deixe de comentar.

banner clique
The following two tabs change content below.
Publicitária, trabalha com assessoria e gestão da imagem de marcas, produtos e pessoas em Tati Fanti - Gestão da Imagem. É também colunista nos portais MMA Premium e Bjj Girls Mag. Acredita no poder das pessoas e na arte da comunicação como ferramenta de transformação.