De um ano pra cá, tive ótimas experiências com o Instagram, principalmente no que se trata em vendas. Na minha opinião o Instagram só não é melhor porque não é possível colocar links nos posts – mas de resto ele é excelente. Através dele é possível conseguir uma base legal de clientes para que seus produtos sejam trabalhados.

De acordo com uma matéria divulgada pelo G1 em junho do ano passado, o Instagram ultrapassa a marca de 500 milhões de usuários. Por mês, esse número cresce cerca de 1 milhão de usuários só no Brasil.

É ou não é um número considerável para que acreditemos que o Instagram é capaz de vender produtos ou serviços?

O primeiro passo para ter uma base legal de seguidores é lembrar que o seu perfil do Instagram é como uma vitrine do seu negócio. Seja qual for o seu negócio, é preciso que seja atrativo. Fotos bonitas (afinal, instagram é um app focado em imagens). É preciso ter uma identidade visual legal, além de uma linguagem adequada ao seu público. No meu caso, usamos uma linguagem informal, pois tenho um site de notícias e a linguagem não precisa ser tão formal, afinal falamos com o nosso público nas redes, debatemos temas polêmicos etc.

Como organizar os posts?

Nesse caso aqui, o que é preciso é fazer uma pesquisa rápida nas informações que o seu perfil empresarial oferece. Basta clicar em informações para verificar os picos de engajamento de seus seguidores. No nosso caso, é por volta das 21h – mas isso varia de negócio para negócio e do público que você atinge.

Aqui eu uso o Instamizer para gerenciar o conteúdo que vai para o nosso Instagram. Ganhamos uma média de 200 seguidores por semana de forma orgânica e todo o planejamento é feito via cronograma que tenho salvo. Quer o modelo uma planilha de conteúdo para você se basear? Mande um e-mail pra mim em samanta@bjjgirlsmag.com.br que encaminho para você.

A regra certa de postagem é 8/20 – ou seja, 8 posts de conteúdo para 2 de venda. A compra é um processo de confiança em sua marca e só ocorrerá quando as pessoas acreditarem que você entende do assunto e pode ajudá-las de alguma forma. Por isso é legal que você tenha imagens suas, artes criadas por você etc.

Quando comprarem seu produto, faça um repost em seu perfil. Existe um app que se chama Repost ou até mesmo o Regrann na Playstore que te ajuda com isso.

Como vender para quem começa a me seguir?

Existe um programa muito bacana chamado Holr.co. Ele permite o envio de até 90 directs por dia na versão free para os seguidores que seguem sua marca. Como o Instagram recentemente diminuiu o alcance, é uma boa para mandar para aqueles seguidores que curtiram seu post ou seguiram sua marca, mas estão precisando apenas de um “empurrãozinho” para comprar algo de você.

Fora isso, engajar, interagir e entender a necessidade do seu público é essencial. Vou ficando por aqui e até a próxima!

banner clique
The following two tabs change content below.
Publicitária, trabalha com assessoria e gestão da imagem de marcas, produtos e pessoas em Tati Fanti - Gestão da Imagem. É também colunista nos portais MMA Premium e Bjj Girls Mag. Acredita no poder das pessoas e na arte da comunicação como ferramenta de transformação.