Em meio a tantas peculiaridades, características e comportamentos, a indústria da comunicação (em sua maior abrangência) tem muito a ensinar aos outros segmentos, principalmente quando a ideia é buscar inspiração e referências para aprimorar um trabalho ou, simplesmente, fazer algo diferente.

É muito comum ver profissionais da área sendo um poço infinito de repertório. Se você entrar em qualquer agência, não tenho dúvidas que encontrará algum profissional, criativo ou não, que conhece bem os cases do ano ou sabe quais foram as campanhas mais efetivas dos últimos tempos. Mais que isso, saberá citar vários formadores de opinião que são referência e inspiração para o setor. Na comunicação é assim. Aprendizado puro, o tempo todo.

Não à toa, as produções e conteúdos da área se expandem facilmente. São diversas as possibilidades de exposição, que vão desde canais e premiações até páginas nas redes sociais e portais, como este que você lê, que valoriza a apresentação e análise do comportamento do mundo do marketing e comunicação para provocar a evolução do mercado como um todo. E é nesse ponto que as empresas (que não são da área) podem, precisam e devem evoluir.

A triste realidade dos outros segmentos

Diferentemente da área da comunicação, quando imergimos em outros segmentos, dificilmente acompanhamos líderes de empresas buscando referências que possam contribuir com a evolução do seu próprio negócio. Infelizmente, o que me parece é que é mais fácil copiar a concorrência. E isso não é surpreender e, tampouco, evoluir. É regredir.

Ao passo que uma empresa copia o que outra faz, seja uma ação, um comportamento, um produto ou serviço, ela perde sua identidade e personalidade. Já, quando um líder investe tempo se inspirando nos feitos de outras corporações ou absorve conhecimento de formadores de opinião, consegue elaborar sua própria estratégia, tornando-se diferente, mais especial e com personalidade. Esses sim são líderes do futuro que, provavelmente, têm as empresas do futuro.

Por que buscar inspiração?

A evolução técnica e comportamental de um profissional está completamente atrelada aos esforços a que se submete para crescer ou melhorar em sua profissão, o que inclui não parar de estudar e se aperfeiçoar, que tem a ver com posturas de buscar mais e melhor fora da jornada de trabalho.

Se você é um estudante, um estagiário, um líder ou um colaborador, busque inspiração, referência e informação onde, como e quando puder. A ampliação cotidiana do repertório e a aplicação das reflexões e aprendizados no seu dia a dia de trabalho é que pode tornar você diferenciado e preparado.

Assim como as empresas, que não devem copiar o que a concorrência faz, inspirar-se em referências e construir sua própria jornada com personalidade é evoluir.

banner clique
The following two tabs change content below.

Isaac Zetune

Isaac Ramiris Zetune é jornalista, pós-graduado em marketing político e especializado em branded content. É sócio-diretor da Agência Insane e fundador da plataforma EMPREENDA.SE. (isaac@sejainsane.com.br)