O ambiente organizacional exige proatividade e dedicação para que o fluxo de trabalho ocorra de forma correta, não é mesmo? Porém, muitas vezes nos deparamos com uma lista de tarefas enorme que precisam ser executadas ao longo da semana ou até mesmo em um dia. Nessas horas, o que fazer?

Checar e responder e-mails, elaborar aquele brienfing, mandar a arte para o design gráfico executar, ligar para o cliente, desenvolver o projeto e por aí vai… Quando percebemos não conseguimos fazer nem metade do que estava programado. Mas, calma! Tudo isso pode ser melhorado por meio de um mind map ou mapa mental.

A técnica desenvolvida pelo psicólogo inglês Tony Buzan, consiste num tipo de diagrama destinado para a gestão da informação e do conhecimento. O método facilita o processo de aprendizagem, memorização e organização estratégica, uma vez que estimula os dois lados do cérebro. O lado esquerdo fica responsável pelas palavras-chave e por ordenar as informações, já o direito fica destinado a interpretação e junção de cores e imagens utilizadas na construção do mapa.

Para elaborar um mind map é necessário ter em mãos apenas papel e caneta. Porém, atualmente já existem no mercado alguns softwares que ajudam a elaborar esses mapas de forma mais prática e digital, como o Fremind, Mindjet, Personal Brain, entre outros.

Para começar, você precisa em primeiro lugar, criar seu desenho (diagrama), inserindo a ideia central. No caso do planejamento, por exemplo, o mapa ajuda a representar, graficamente, todas as atividades que deverão ser feitas para alcançar determinado objetivo.   Assim, você parte de um eixo principal e cria ramificações a partir dele, tornando mais fácil a ordenação das tarefas.

Sob o ponto de vista criativo, ele é uma ótima opção para ordenar os pensamentos. Às vezes temos um brainstorming (tempestade de ideias), mas não sabemos como estrutura-las e acabamos perdendo o foco. Nessas ocasiões o mind map pode ser um ótimo aliado. A partir do momento que você coloca suas ideias no papel, você consegue visualizá-las e ter uma clareza maior do que pode ser feito. Então, é possível ter uma visão geral das possibilidades que podem ser geradas de forma mais estrutural e ampla.

O mind map  é uma técnica que pode ser aplicada não apenas no ambiente de trabalho, mas em todas as esferas da nossa vida, seja na preparação para uma prova, na organização de um evento,  no planejamento de uma viagem etc.  Por meio dele é possível otimizar ainda mais nosso tempo e memorizar nossas atividades de forma mais rápida, aproveitando ao máximo nossa capacidade mental.

Abaixo, estão algumas dicas para você elaborar um mind map  sem dificuldades!

  • Esteja tranquilo quando for criar um mind map.
  • Determine uma ideia central e escreva uma palavra que represente ela.
  • Utilize cores diferentes para cada subtópico.
  • Utilize palavras-chave, símbolos, imagens que vão servir de referência para suas ideias/tarefas.
  • Procure fragmentar os temas de acordo com o grau de importância.
  • Tenha cuidado com excessos. O mind map não deve ser bagunçado.
  • Abuse da criatividade!

banner clique
The following two tabs change content below.

Raiza Halfeld

Mineira de Juiz de Fora, movida a desafios. Gosta de aprender coisas novas e trocar experiências, pois enxerga a educação como um processo contínuo. É graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela UFJF, e atualmente cursa MBA em Marketing pela UNOPAR.