O endomarketing consiste em trabalhar os conceitos e as estratégias mercadológicas voltadas para dentro da empresa, ou seja, trata-se da aplicação de todos os conceitos de marketing no ambiente interno da empresa e junto aos seus colaboradores. Para Grönroos (1995) “a premissa do endomarketing é de que uma troca interna entre a organização e as equipes de empregados deve funcionar eficazmente antes que a empresa possa ter êxito no alcance de suas metas relativas aos mercados externos”.

Já na visão de Cobra (2003) endomarketing “deve vender internamente as ideias, as campanhas promocionais, para que todos na organização estejam atentos a trabalhar com o único objetivo de atender às necessidades do mercado. Mas, quais atividades são responsabilidade da equipe de endomarketing? Bekinapud França (2007) elencou de uma forma muito assertiva essas responsabilidades:

Comunicação interna: é a principal forma de fortalecer o relacionamento entre organização e empregados. É através da comunicação que o funcionário tem acesso aos objetivos, estratégias, valores, novos produtos e campanhas de marketing lançadas, feedback sobre desempenho. Vários canais de comunicação podem ser usados (vídeos, comunicados, mural), mas o principal canal é o líder.

Recrutamento e Seleção: a importância desse processo está nos benefícios de escolher as pessoas certas para a empresa. Além de poder evitar a alta rotatividade, aumenta as chances de comprometimento com os objetivos e valores organizacionais. E é na hora da seleção que os profissionais devem “vender” a empresa aos candidatos, sendo, assim, importante que eles conheçam o marketing da empresa.

Treinamento sob a ótica de educação e desenvolvimento: além de passar conceitos e técnicas, os treinamentos devem transmitir valores necessários ao desempenho da função tanto atual como futura, acarretamento um desenvolvimento profissional e humano do empregado. O treinamento deve ser usado como meio de valorização do empregado, tornando-o comprometido com a empresa.

Planos de carreira: são a tradução clara das possibilidades de crescimento dos funcionários dentro da organização, servem de estímulo e são uma forma de reter talentos. Devem ser bem divulgados e de fácil entendimento.

Motivação, valorização, comprometimento e recompensa: estas são as palavras-chave das atividades da equipe de endomarketing. Busca apoiar todas as ações que visam motivar e gerar comprometimento do empregado com a empresa. Vale mencionar algumas medidas importantes: motivação e recompensa do grupo; envolvimento dos empregados no planejamento e na tomada de decisões; estímulo à iniciativa e à criatividade; delegação de poderes; remuneração adequada.

Pesquisa de mercado de clientes internos: é a famosa pesquisa de satisfação, avalia aspectos relativos ao ambiente de trabalho, remuneração, benefícios e outras questões relacionadas a situações de trabalho. Ela vai identificar falhas organizacionais que necessitam de correção.

Segmentação do mercado de clientes internos: consiste em dividir os funcionários de acordo com suas necessidades, expectativas e perfil, de modo a comunicar de maneira mais assertiva. Por exemplo, no caso de uma instituição de ensino, existem os funcionários administrativos e os professores. Alguns treinamentos e canais de comunicação devem ser pensados e executados de forma diferente para estes clientes internos.

Demissão: um dos momentos mais delicados na gestão de recursos humanos. Quando um funcionário é demitido é preciso que fique claro para ele e para os funcionários que trabalhavam com ele qual o real motivo da demissão. É interessante adotar um programa de demissão voluntária e serviços de recolocação. Na medida do possível, a demissão deve ser sempre a última opção e a demissão em massa deve ser evitada.

Referências Bibliográficas

COBRA, Marcos. Administração de Marketing no Brasil. São Paulo: Cobra Editora de Marketing, 2003.

FRANÇA, Ana Cristina Limongi. Prática de Recursos Humanos – PRH: conceitos, ferramentas e procedimentos. São Paulo: Atlas, 2007.

GRÖNROOS, Christian. Marketing: gerenciamento e serviços: a competição por serviços na hora da verdade. Rio de Janeiro: Campus

banner clique
The following two tabs change content below.

Andressa Larsen

Andressa Larsen é jornalista, especialista em Comunicação Estratégica e Negócios, cursa MBA em Gestão Empresarial. Em 11 anos de trabalho, atuou nas áreas de comunicação corporativa, e-learning e produção de conteúdo educacional. Adora desafios e é apaixonada pela vida, pelas pessoas, por endomarketing, música e chocolate!

Latest posts by Andressa Larsen (see all)