CRO é a abreviação de Conversion Rate Optimization, ou otimização da conversão. Trata-se de um conjunto de técnicas relativamente novas e está se tornando fundamental para qualquer negócio digital. Embora muitos atribuam o termo “conversão” à vendas, podemos ampliar este tempo à geração de leads, download de arquivos, leitura de artigos, etc. Tudo depende do seu objetivo.

Quando se fala em “investir em marketing digital” hoje em dia, existe uma infinidade de serviços que tentam te empurrar sem uma preocupação honesta com o que o cliente realmente precisa e como melhorar seus resultados. O termo “otimização” é o mais usado para a venda de uma solução, mas, na prática, quase ninguém consegue tangibilizar todo o trabalho feito. Por outro lado, não podemos nos iludir à espera de investimentos com retorno à curto prazo, por mais que isso seja o desejo de todos.

Para elaborar uma estratégia de CRO, antes de mais nada, é necessário contar com tecnologia (contratação de plataformas, por exemplo), ter uma equipe multidisciplinar ou um parceiro dedicado ao projeto, para que ele esteja pronto para analisar as situações e tomar as decisões em tempo oportuno.

O foco do Conversion Rate Optimization restringe-se ao usuário, aonde o seu comportamento norteará as oportunidades de melhorias e otimizações da experiência do internauta. Por isso, eyetracking, interações com a barra de rolagem, movimentações do cursor do mouse, intenções de clique e outras atitudes de navegação devem ser analisadas com bastante atenção.

img1

Informações como taxa de rejeição da sua landing page, estagnação nas vendas ou conversões e abandono de carrinho são algumas das métricas primordiais para estabelecer metas de otimização e serem priorizadas no seu projeto de CRO.

Isso é pra você?

Por melhor que seja, é sempre bom colocar os pés no chão e entender que nenhum website ou aplicativo é perfeito. O comportamento do internauta está em constante mudança e isso sempre te obrigará a se adaptar à esses novos padrões. A tendência é “piorar” com os wearable e a IoT. Usando os dados a seu favor, acompanhando a usabilidade na navegação do seu sites em diversos dispositivos, realizando testes A/B e multivariáveis você já começará a gerar insights de otimização para não “ficar para trás”. Para dar início a sua estratégia de CRO, leve em consideração:

  • Seu objetivo de otimização de conversões: aumentar leads, aumentar faturamento em vendas, diminuir volume de carrinhos abandonados, triplicar a quantidade de download de apps;
  • Para cada projeto de otimização, estabeleça qual a métrica mais importante para evoluir com o resultado do trabalho;
  • Mais importante do que escolher as ferramentas certa, capacite o seu time de operações;
  • Dados são mais importantes do que “achismos” para as tomadas de decisões;
  • Mensure os resultados e faça feedbacks constantes com a equipe de operações dos projetos e a liderança para equalizar as expectativas e realidade para alcançarem, juntos, o melhor resultado para a empresa.

Use e abuse de ferramentas como CrazyEgg, Google Page Speed Insights, Click Tale e tantas outras para te auxiliar nesta força-tarefa.

banner clique
The following two tabs change content below.

Douglas Martineli

Publicitário e Consultor de Marketing Digital a mais de 5 anos no mercado de comunicação. Especialista em "E-commerce para pequenas empresas" pela ComSchool, reconhecido pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) e também certificado pelo Google e Rock Content em temas co-relacionados. Atualmente é responsável pelo departamento de marketing e mídia online da Art Rock Camisetas.