Em um mercado cada vez mais competitivo, se destacar da concorrência não é mais uma simples questão de oferecer melhor preço, condições de pagamento ou produtos de melhor qualidade — ainda mais na crise. Os clientes só se tornam fiéis a uma marca quando conseguem se identificar com ela. E uma forma que vem sendo cada vez mais utilizada pelas empresas para criar essa relação com o cliente é o storytelling.

O que é o storytelling?

O ser humano conta histórias desde que o mundo é mundo. De desenhos em cavernas aos primeiros manuscritos dos povos antigos, o que mudou foi apenas a forma como elas são transmitidas. Hoje, os registros estão cada vez mais digitais, mas as histórias continuam sendo contadas.

E a isso chamamos de storytelling, método que vem sendo usado cada vez mais por marcas como forma de envolver seus clientes. O storytelling é uma metodologia para contar a história da empresa de forma cativante para seus clientes, de forma que ele se identifique e se sinta parte da marca.

Como ele pode ser usado?

Principalmente para pequenos negócios, em que o contato com cada cliente pode convergir em uma compra, o storytelling entra como mecanismo de aproximação entre empresa e consumidor. A história da marca, a paixão, personalidade e características humanas do negócio são o que atrairá os clientes para aquela empresa e não a concorrência. O cliente busca esse relacionamento mais humanizado. Ele quer entrar na sua loja, lanchonete ou restaurante e sentir-se em casa.

Crie um ambiente amigável e íntimo, para que seu cliente possa se sentir à vontade para perguntar mais sobre seus produtos, experimentar, enfim, aproveitar ao máximo a experiência. Para isso, é preciso selecionar bons funcionários e treiná-los para esse atendimento mais personalizado, que foge do modelo tradicional. A ideia é encantar o cliente!

Como manter esse relacionamento?

Uma vez que o cliente foi até o seu negócio, fica para sua equipe de vendas a responsabilidade de encantá-lo. Mas como levar o cliente à empresa? Para isso, você pode empregar o storytelling em todos os seus canais de comunicação. Redes sociais, site, blog, e-mail marketing, etc. Use as ferramentas do marketing de relacionamento para entrar em contato com seu público e criar esse laço afetivo.

Mas cuidado! Não é para sair mandando anúncios todos os dias para seu cliente. Como manda o storytelling, você deve utilizar essas ferramentas para contar a história da sua empresa a ele. E mais: conhecer a história do cliente até para conseguir alcançá-lo de forma mais eficiente. Portanto, em vez de simplesmente colocar posts aleatórios na sua fanpage, por exemplo, invista em publicações que estimulem seu público a se identificar e interagir com a sua marca.

Que marcas já usam o storytelling?

Há um tempo, a Volkswagen lançou um comercial de cunho extremamente emotivo com o título: “Os Últimos Desejos da Kombi”. No vídeo, a própria Kombi conta sua história para o público, desde que era apenas um desenho no papel até o fim de sua fabricação. A história é contada de forma cativante, conectando o público não só à Kombi em si, como à marca. Um grande exemplo do uso de storytelling.

Outra empresa que também criou um vídeo impactante contando sua história foi a marca de uísque Johnnie Walker. No comercial The Man Who Walked Around The World, ela conta como surgiu a fábrica, criada por um irlandês e que até hoje é controlada pela mesma família. Assim, eles conseguem trazer uma marca internacional para mais perto do cliente, humanizando-a.

É claro que no seu pequeno negócio não será necessário criar um comercial impactante contando a história da sua marca. O importante é que seus clientes a conheçam. Seja por meio de fotos dos bastidores do seu negócio nas redes sociais e ou um e-mail marketing convidando-o para fazer parte da história da empresa, por exemplo. Isso já será o suficiente para estabelecer sua relação com o cliente através do storytelling.

banner clique
The following two tabs change content below.
Empreendedor, Pioneiro em Marketing de Defensores (Advocate Marketing) no Brasil. Consultor de Marketing Digital. Professor em curso de MBA, Vice-Presidente da ABRABOCA - Associação Brasileira de Marketing Boca a Boca, Colunista do Portal Ideia de Marketing.