Nivelar-se por cima em entrega, qualidade, busca, conquista e gesto não é ser “desumilde”. As pessoas confundem isso. Até prefiro acreditar que se nivelam por baixo porque é mais fácil, mais simples e mais cômodo. Gasta-se menos energia e não exige pensar fora da caixa.

O mundo precisa de pessoas que buscam se nivelar por cima. Que encontrem referências e sigam seus passos, deixando de lado caprichos e orgulhos. Mas, como escolher nossas referências?

Nosso cotidiano é repleto de vitórias e derrotas, altos e baixos, encontros e despedidas. Ainda assim, é possível estabelecer uma média daqueles que poderíamos seguir para verificar os que estão sempre otimistas e olhando para frente, construindo seus caminhos e colhendo resultados, independente dos fatores externos, que normalmente servem de desculpas e justificativas para os que imergem no seu próprio fracasso. É fácil notar quem está mais envolvido positivamente com determinada situação, quem tem atitude realizadora e faz acontecer.

Venceu, olhe para frente. Perdeu, aprenda e olhe para frente. É simples identificar quem age assim e quem consegue manter-se equilibrado frente os desafios. Esses devem ser referência. É nesses que devemos nos inspirar.

Vamos comparar com um sonho. Somos movidos por sonhos. E somos sim ambiciosos, por mais inconsciente ou simples que isso seja. Qualquer desejo de conquista é válido. Sonhos são maiores. São o nosso combustível. E a quem não tem isso tão aflorado, sugiro se libertar, porque é muito bom sonhar e batalhar pela nossa conquista.

Sonhos são grandes, maiores, assim como devem ser os nossos desejos para agir melhor. Se nos guiamos por nossos sonhos, temos que construí-los à sua altura. A sorte existe para quem a procura. Ocorre, do mesmo modo, com os valores que priorizamos para nossas atitudes.

Do mesmo jeito que buscamos nossos sonhos, podemos buscar um dia a dia melhor, principalmente a partir das nossas atitudes. Isso é um atalho para nossos sonhos. Acredite.

Inspirar-se em referências e nivelar-se por cima é um caminho. Sim, difícil, afinal, cada um é cada um. Porém, a busca incessante por atitudes vencedoras tende a contribuir com uma rotina mais assertiva. Por que umas pessoas são mais privilegiadas pela vida que outras? Por que umas pessoas conseguem e outras não? Certamente porque a postura dessas vencedoras as guia para suas conquistas.

É nossa postura que dita o nosso caminho e os nossos resultados. Nivelar-se por cima, pelas referências que temos a oportunidade de ter, sem dúvidas, é a melhor jornada para se trilhar.

banner clique
The following two tabs change content below.

Isaac Zetune

Isaac Ramiris Zetune é jornalista, pós-graduado em marketing político e especializado em branded content. É sócio-diretor da Agência Insane e fundador da plataforma EMPREENDA.SE. (isaac@sejainsane.com.br)