Quando se define um projeto dentro do sistema Lean, escrever o A3 é um momento crucial para o desenvolvimento do trabalho proposto. A partir do A3 – um relatório que estrutura diálogos necessários para uma compreensão e um entendimento de uma gestão Lean, – serão definidos fatores importantes como a contextualização, análise do problema, plano de contingência e o plano de ação e implantação de melhorias.

No entanto, falhas nessa fase do processo de elaboração podem causar retrabalhos no A3 e dificuldades na execução do projeto. Daí a necessidade de que a definição do projeto seja bem feita.

Uma boa maneira de se preparar um A3 eficaz é através de algumas ferramentas de criatividade e inovação. Particularmente, gosto de começar a enxergar cada projeto como um negócio novo, e nesse caso usar o Canvas é uma boa pedida. Ter definidos pontos como atividades e fornecedores chaves, custos e recursos necessários, valor proposto e por aí vai. Isso ajuda a ter bem definido o processo a se trabalhar.

Sabendo no que vamos trabalhar, precisamos ver o contexto onde o processo está inserido. A ferramenta SWOT ajuda a identificarmos os pontos fortes e os vulneráveis, as fraquezas e as oportunidades que o projeto pode explorar no processo.

Por fim, todo o desenvolvimento do projeto pode ser planejado através da ferramenta seis chapéus, desde a captação dos fatos e dados, pontos negativos e positivos, ideação para encontrar possibilidades de trabalho, priorização e controle.

É bom lembrar que a utilização de um brainstorming bem estruturado ajuda em qualquer trabalho ou momento. Por isso pratique muito ideação.

Eu costumo escrever meus A3, independente do escopo do projeto, desta maneira e posso dizer que retrabalhos não surgem com tanta frequência quanto antes de adotar essa metodologia. Esse ganho de eficiência me fez querer compartilhar essa boa prática para que mais pessoas possam se beneficiar com ela.

É isso aí. E você, está pronto para inovar no seu A3?

 

banner clique
The following two tabs change content below.

Marcelo Oliveira

Jornalista e entusiasta da Gestão do Conhecimento e Inovação. Focal Point de inovação na EMBRAER, coordenando atividades de captação de ideias e ministrando treinamentos de Inteligência Coletiva/Inovação Incremental e de introdução a ferramentas de captação de ideias, para fomentar a cultura de Inovação. Freelancer em comunicação e marketing na H2M Comunicação & Marketing. Acredita que a cultura da inovação abre portas, as quais podem mudar não só processos, produtos e serviços, mas principalmente a visão de mundo das pessoas!