Uma das principais vantagens que o marketing digital proporciona é a possibilidade das marcas conquistarem e construírem sua própria audiência, segmentando seus públicos da maneira que desejar. Quando falamos em audiência na internet, logo se pensa em fãs do Facebook ou seguidores no Twitter que uma marca possui.

Durante muito tempo (e ainda hoje) a grande maioria das marcas investiu tempo e dinheiro tentando conquistar o maior número de fãs e seguidores nas redes sociais. Isso funcionou no começo das redes sociais, pois quanto mais seguidores e fãs, mais pessoas seriam impactadas por suas mensagens. Porém, isso vem mudando radicalmente nos últimos tempos. No Facebook, por exemplo, estima-se que hoje somente 1% dos fãs recebam as mensagens publicadas pelas marcas de maneira orgânica. Isso quer dizer que se se você tem 100 mil fãs, apenas mil recebem suas postagens. Se quiser falar com todos os 100 mil fãs, que você já investiu tempo e dinheiro para conquistar, terá que desembolsar mais um bom dinheiro. A tendência é que outras redes sociais, como Twitter, Instagram e LinkedIn sigam o mesmo caminho, como forma de monetizar suas operações.

Sem dúvida, as redes sociais são excelentes canais para relacionamento e distribuição de conteúdo para as marcas, porém estão cada vez mais se posicionando e agindo como mídia, ou seja, tendo total controle da audiência e da maneira como as mensagens são entregues a ela.

Os profissionais de marketing digital precisam estar atentos a essas mudanças e observar os riscos de direcionar boa parte dos seus investimentos em construir sua audiência em uma plataforma da qual não tem controle. Não adianta possuir uma base com 1 milhão de seguidores, sendo que no momento em que precisar falar com eles, quem decide se terá acesso ou não é uma plataforma terceira.

Para não ficar refém de terceiros que são os verdadeiros donos dessa audiência, é preciso criar estratégias para construir sua própria audiência. A maneira mais simples e mais utilizada é através da captura de e-mails das pessoas interessadas em seus produtos. O e-mail marketing funciona muito bem e você tem total acesso a base. Também já existem plataformas digitais que possibilitam a criação de um canal próprio para se comunicar com sua audiência.

O importante é construir sua audiência em locais onde tenha total acesso, no momento e maneira que quiser. Confiar toda sua base de contatos dentro de um canal terceiro é muito arriscado, pois quem dita as regras são eles e você pode acabar perdendo todo o trabalho que teve para construí-la.

E você, como tem criado sua audiência?

 

banner clique
The following two tabs change content below.
Empreendedor, Pioneiro em Marketing de Defensores (Advocate Marketing) no Brasil. Consultor de Marketing Digital. Professor em curso de MBA, Vice-Presidente da ABRABOCA - Associação Brasileira de Marketing Boca a Boca, Colunista do Portal Ideia de Marketing.