Quando tratamos especificamente das redes sociais, precisamos nos lembrar de alguns conceitos. Segundo Danah Boyd e Nicole Ellison, as redes sociais permitem a construção de uma persona através de um perfil, a interação através de conteúdos e a exposição pública da rede social de cada ator.

Esse conceito de “ator”, como explica Raquel Recuero, é representado por pessoas, instituições ou grupos, e suas conexões, formadas por interações ou laços sociais. Os atores são pessoas envolvidas que atuam de forma a moldar as estruturas sociais pela interação e constituição de laços sociais. Ela afirma que quando se trabalha com redes sociais na internet, os atores são constituídos de maneira um pouco diferenciada, uma vez que devido o distanciamento entre os envolvidos na interação social, eles não são imediatamente discerníveis.

Recuero defende que em sites de redes sociais não existem atores sociais, e sim representações dos atores sociais, que são os perfis e blogs, por exemplo, onde eles podem expressar elementos de sua personalidade.

Esse termo “Persona” vem sendo trabalhado há muito tempo, no entanto, muita gente trabalha o conceito de forma errada. As personas surgem com o resultado de pesquisas quantitativas e qualitativas reais, onde encontramos dados demográficos dos consumidores, bem como a análise dos usuários de mídias sociais. Essa pesquisa deve ser feita com os clientes e clientes em potencial.

Após isso, a persona é formada, resumindo todas as características físicas e psicológicas do consumidor ideal.

Por onde começar?

Primeiro, segmente as principais informações, como sentimentos, motivações, histórico pessoal, profissional, financeiro, percepções do negócio, entre outros. Fazendo essa segmentação, fica mais certeiro, principalmente quando o foco é o consumidor final.

Mas por que essas informações são importantes?

Muito simples. Com o histórico pessoal, por exemplo, você pode saber onde o nome do seu cliente, idade, gênero, de onde ele veio, interesses, memórias, e por aí vai. Com a parte educacional, conseguimos identificar suas preferências, as etapas educacionais que ele passou, se fez faculdade, a área que escolheu. Analisando o profissional, podemos saber se ele se sente satisfeito, como foi o primeiro emprego, como ele se vê no futuro.

Conhecendo o seu público, você vai conseguir traçar o perfil da persona. Como consequência, você produzirá um conteúdo mais correto e vai ajudar no processo de humanização da marca.

banner clique
The following two tabs change content below.

Alison Marques

Viciado em compartilhar conhecimento. É Especialista em Linguagens e Mídias Digitais, jornalista, palestrante e social media.