Bliive, uma rede social que permite a troca de “tempo e serviços”, sem que se pague por eles em dinheiro. A plataforma foi criada com base no modelo de economia colaborativa, afim de aproximar pessoas com interesses em comum e agregar valores à elas. Sua sede fica em Curitiba, e hoje, depois de um ano, segundo a EXAME, a rede social reuniu 60 mil usuários em 100 países.

Como funciona?

Quando o usuário se cadastra, recebe uma moeda chamada “TimeMoney”, que é equivalente a uma hora de serviços. Os minutos ofertados na troca de conhecimentos são contabilizados e convertidos em moeda virtual, que pode ser usada a qualquer hora dentro da rede. Exemplo, se você entende de SEO, pode ofertar algumas aulas, e em troca pode ter dicas de culinária, ou algo que achar interessante circulando pela plataforma. É tão fácil quanto acessar o facebook – aliás, você pode se cadastrar usando a tradicional rede, adicionar amigos que já estavam lá, e etc.

Quem criou?

A criação de Bliive é de Lorrana Scarpioni, brasileira curitibana de de 24 anos, que foi apontada como um dos 10 brasileiros mais inovadores pelo MIT – Massachussetts Institute of Technology, um centro universitário especializado em tecnologia. A moça, ao assistir algumas palestras em um site onde os palestrantes dizem o que sabem em frases curtas, teve então a inspiração para empreender e desenvolver o site.

Por que é bacana?

Além de promover a cultura da economia colaborativa, conhecer pessoas novas, adquirir novos conhecimentos, o site permite que você “dose” o seu conhecimento, e caso elas queiram algo mais aprofundado, seu conteúdo pode ser vendido posteriormente ou negociado com o outro usuário. Aqui no Ideia temos um outros posts bacanas sobre economia colaborativa, vale a pena conferir.

Para saber mais, acesse o vídeo de apresentação do Bliive:

E você, já pensou em dividir, para agregar? Como a economia colaborativa entra no seu dia-a-dia? Vou ficando por aqui e até a próxima!

banner clique
The following two tabs change content below.
Publicitária, trabalha com assessoria e gestão da imagem de marcas, produtos e pessoas em Tati Fanti - Gestão da Imagem. É também colunista nos portais MMA Premium e Bjj Girls Mag. Acredita no poder das pessoas e na arte da comunicação como ferramenta de transformação.