Há alguns dias, ao dar uma carona a um jovem amigo, uma de suas frases me chamou a atenção, e resolvo agora compartilhar essa história com vocês leitores do Ideia.

Estava esse meu amigo me contando sobre uma maravilhosa viagem que fez para Europa, e também sobre o seu desejo de cursar engenharia na faculdade. Confesso que não lembro especificamente sobre qual das engenharias ele falava, mas a conversa continuou quando ele me perguntou como estava o meu trabalho. Ao explicar que apesar da tão comentada crise, os trabalhos estavam surgindo e que meu foco de atendimento estava mudando dentro da área do marketing, ele logo disparou: “Ah, verdade! Você é formado em Marketing, não é? Tenho muitos amigos querendo cursar marketing, todos falam que é uma das profissões que estão em alta hoje em dia.”

Essa última frase foi a que me deixou um pouco intrigado, mas principalmente pensativo sobre esses novos profissionais de marketing que as universidades estão formando. Primeiramente quero afirmar a vocês, baseado em pesquisas de diversos sites, como o info.abril, por exemplo, que realmente a profissão de marketing tem crescido no Brasil, principalmente se à especificarmos em áreas digitais, planejamento, vendas entre outras áreas carentes de bons profissionais.

Baseado nesses estudos, o marketing realmente parece um bom caminho para os estudantes que anseiam entrar no mundo dos negócios. Outro ponto que deve contaminar a cabecinha desses jovens é um certo glamour que a profissão emana, como a contratação em grandes corporações, elaboração de campanhas publicitárias, profissionais envolvidos em campanhas presidenciais, enfim, algo que só de pensar já nos traz um ar de grandeza para a profissão.

Os trabalhos citados acima realmente contam com a participação de profissionais de marketing, mas digamos que essa não seja a realidade da maioria dos profissionais que saem das universidades. O que posso passar para esses jovens ansiosos e sedentos, é que essa profissão é maravilhosa, cheia de novos desafios, o cenário muda constantemente e você deve estar acompanhando essas mudanças de perto, portanto a primeira seleção natural é a seguinte: Você possui um perfil dinâmico? Se adapta fácil as mudanças?

Alguns pontos que irei mencionar sobre a profissão de marketing, se adaptam a realidade da profissão vivida por mim, dentro de um contexto próprio e de um cenário vinculado a região onde atuo, mas que, sem nenhuma pretensão ou soberba, acredito que se adapte a quase todos os outros profissionais da área.

Aviso aos jovens, que o mercado não está preparado para absorver os profissionais que se formam, vocês irão perceber após estudar cinco anos em uma universidade que o mercado ainda não compreende vocês, pelo menos a maioria dos médios e pequenos negócios, onde grande parte de vocês irá atuar. Para isso, cabe a vocês explicarem o que irão fazer, em qual área irão executar seus trabalhos e como desejam contribuir para que o marketing realmente mude a vida das empresas, pois caso contrário, serão apenas executores de anúncios publicitários, quem sabe auxiliares administrativos ou até mesmo permanecerão como estagiários em locais onde não existe gerente de marketing, isso faz sentido?

Vocês irão aprender sobre os famosos 4 P´s do Marketing: preço, praça, produto e promoção. De certo os profissionais que estão lendo esse artigo sabem que os P´s já se multiplicaram, mudaram de letra inclusive, mas vamos manter o foco nos 4 básicos P´s. Você realmente acredita que ao sair da universidade um gestor irá conversar com você sobre o preço do produto que ele está vendendo? Ou que ele queira sua opinião sobre os locais onde esse produto deve ser distribuído? Saiba que os maiores questionamentos serão sobre o P da promoção, o marketing ainda é muito visto como uma ferramenta de comunicação, que tem como objetivo a divulgação de produtos ou serviços.

Sou otimista quanto ao entendimento do marketing por parte dos empresários, fico feliz ao entrar em uma empresa e ver na porta de uma das salas as palavras: Departamento de Marketing, e ver que há profissionais trabalhando dentro destas salas. Mais feliz ainda ao ver um jovem que está buscando sua profissionalização, apoiado na premissa que o marketing será sua vida dali por diante. Não diferente de outras profissões ele terá seus percalços, siga em frente e busque a sua diferenciação, neste artigo tivemos apenas algumas pinceladas que podem ou não fazer parte da sua vida como um profissional de marketing, mas que com certeza valem uma rápida reflexão antes de você continuar o seu caminho.

banner clique
The following two tabs change content below.
Sócio da Candoo Comunicação e Branding e Consultor de Marketing pelo Sebrae. Apaixonado pela comunicação, que ainda acredita que esta deva ser realizada pelas pessoas, e não por seus meios.