A definição do termo Startup, a princípio é qualquer pequena empresa que está no começo – porém seu real signifcado divide opiniões: uns dizem que é uma empresa que tem baixos custos de investimento e alto potencial de crescimento, e definições modernas que dizem que uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de incertezas. No post de hoje listarei as vantagens e os riscos de abrir uma startup no setor de turismo. Confira!

 PRINCIPAIS DESAFIOS

Criar uma startup no ramo de viagens é uma ótima oportunidade, e ao mesmo tempo um grande desafio. Um dos maiores exemplos que deu certo é o Hotel Urbano, que em pouquíssimos anos se tornou uma grande máquina de vendas.

Mercado online de turismo

Entre os desafios está o grande Oceano Vermelho Online, onde todas as startups brigam por um bom posicionamento nos mecanismos de busca do Google. Imaginando que, obviamente o seu negócio seja online, seria preciso de uma boa estratégia de SEO para bater a concorrência e sair à frente.

Fora isso, aqui no Brasil nem sempre a cópia de um modelo americano pode dar certo, pois vivemos em um mercado instável e imaturo para gerar grandes volumes de vendas. Uma solução para isso é medir todas as suas chances de tempo/ dedicação para colocar tudo em prática e validar o seu negócio.

Investimento

O processo para conseguir investimento de terceiros é um tanto burocrático – mesmo assim, muitas pessoas ainda acreditam que é a melhor saída. Aqui no Brasil é no mínimo 6 meses para conseguir um aporte acima de um milhão de reais. A recomendação é que você não dependa exclusivamente de um investimento de fora para dar andamento aos seus negócios, como fez a Voopter, ou opte por ter investimento de empresários ou empresas de médio porte que já são consolidadas no mercado.

OPORTUNIDADES

Aceleradoras e incubadoras

Funciona como uma maneira de fazer o modelo de negócio de uma startup crescer. Nestes locais, os proprietários do negócio recebem investimento para que tudo dê certo. É importante lembrar que as aceleradoras pedem de 10% a 20% do seu negócio, e esse valor lá na frente pode fazer muita diferença no seu caixa. Além disso é preciso um certo cuidado para escolher uma de confiança, converse com quem já entrou nesse tipo de parceria, e não esqueça de verificar o histórico da empresa.

Mobile

Caso você ainda não saiba, as compras via mobile já dominam 25% das viagens feitas online. Sabendo disso, observa-se uma grande oportunidade de crescimento de sua startup de turismo investindo em aplicativos, sites responsivos e etc, melhorando assim a experiência do usuário em seu e-commerce.

Qualquer dúvida ou sugestão, estamos à disposição Até a próxima!

banner clique
The following two tabs change content below.
Publicitária, trabalha com assessoria e gestão da imagem de marcas, produtos e pessoas em Tati Fanti - Gestão da Imagem. É também colunista nos portais MMA Premium e Bjj Girls Mag. Acredita no poder das pessoas e na arte da comunicação como ferramenta de transformação.